quarta-feira, setembro 19, 2018

CAPELA DA NOSSA SENHORA DA AJUDA

POSTE DE SETEMBRO DE 2006

Construída no Século XVIII, a Capela da Nossa Senhora da Ajuda apresenta, uma elegante frontaria ao estilo barroco e terá (?) sido mandada construir pela família Pina de Carvalho Freire Falcão, mais tarde terá sido adquirida pela Família Tavares Proença, cujos herdeiros mais tarde a venderam a D. Ana Maria Teixeira Gordino. 
Falei com a sua atual proprietária “D. Ana Maria”, que amavelmente me contou um pouco da história da Capela e dos contactos feitos por ela junto da Autarquia Albicastrense, no sentido da sua recuperação, tendo ainda permitido a recolha destas imagens.
Quem por ali passar e olhar para a fachada da referida Capela, não imagina o estado caótico em que a mesma se encontra, as fotografias aqui expostas deveriam cobrir de vergonha todos aqueles que de uma ou outra maneira, têm responsabilidades politicas e culturais na nossa cidade. 
Senhor Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, ouvi-o há algum tempo a dizer na RTP, que “Castelo Branco era hoje uma cidade moderna e virada para o futuro”.

A interrogação a fazer aqui só pode ser uma: “Então uma cidade moderna permite que o seu passado histórico, seja ele público ou privado se encontre nesta situação Sr. Presidente”?
Faço aqui um apelo ao Presidente Joaquim Morão, no sentido de ir visitar a Capela da Nossa Senhora da Ajuda, (até pode ser que ela o ilumine), e juntamente com a D. Ana Maria, encontre uma solução honrosa que permita resolver rapidamente esta triste situação. 
Castelo Branco só será verdadeiramente uma cidade ”moderna e virada para o futuro”, quando situações como esta deixarem de existir.

Ps. Vamos lá colocar a “bela” Capela da Nossa Senhora da Ajuda, no roteiro turístico da nossa cidade senhores autarcas? 

O poste que acabou de ler foi postado neste blogue em Setembro de 2006, infelizmente os meus apelos não foram escutados por quem de direito.

DOZE ANOS DEPOIS

Volto hoje ao tema, porque ao passar na passada semana pela rua dos Ferreiro, fui surpreendido por ver á porta da D. Ana Maria (Rua dos Ferreiros), uma camioneta a carregar alguns objectos.
Segundo sei, a nossa autarquia terá comprado o palacete de D. Ana Maria, palacete que inclui a Capela da N. Senhora da Ajuda.
Quero acreditar que a compra do palacete por parte da nossa autarquia, poderá ser uma mais-valia para a recuperação da capela, contudo, não vou aplaudir nem lançar foguetes, pois, muitas foram já as vezes em que as boas intenções (que eu julgava existirem), se transformaram em autênticas desilusões.
Vamos aguardar para ver o que aí vem, contudo peço deste já vigilância a todos os albicastrenses, para a proteção do que ainda existe nesta antiga capela (altares, teto, pias e moveis).
O Albicastrense

3 comentários:

  1. Luís Fernandes "O Albicastrense" divulgando e denunciando situações interessantes para a comunidade Albicastrense, como sempre.
    (Comentário feito no facebook)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Luís Fernandes, bem haja pelas suas palavras. Abraço

      Eliminar
  2. É pena não haver mais blogs como "O Albicastrense" para denunciar e criticar sempre que possível estas situações. Pergunto:- Já por várias vezes quis visitar a Igreja de Sta. Maria do Castelo e está sempre fechada e o mesmo acontece com a Igreja de Sto. António. O que se passa? Agora que a cidade está a despertar para o turismo, seria bom uma mudança de atitude.

    ResponderEliminar

MEMÓRIAS DA TERRA ALBICASTRENSE

Recuperar e pintar antigas imagens da terra albicastrense, dá-me uma enorme satisfação.  Quando “apanho” uma antiga imagem da terra albicast...