quinta-feira, setembro 23, 2021

MORREU HOJE O “TONHO" DO CAFÉ BEIRÃO.

HOMEM QUE FICARÁ NA MEMÓRIA DE QUEM O CONHECEU. 

Homem que 1966 tomou conta de um dos mais antigos cafés da nossa cidade. Em  memória do “Tonho do Beirão”, aqui fica um trabalho sobre o Café Beirão, publicado neste blogue em maio de 2007 

CAFÉS DA MINHA CIDADE
(Maio de 2007)

CAFÉ BEIRÃO

O Café Beirão é sem dúvida, um dos mais antigos estabelecimentos deste ramo na nossa cidade, podendo ser considerado atualmente, o decano dos cafés da cidade de Castelo Branco. Aberto nos anos quarenta no local onde anteriormente existia uma oficina de mármores por Chico Carriço, com o nome por qual ainda hoje é conhecido “Café Beirão”, estará a beira de comemorar setenta anos de idade.
Durante aproximadamente 17 anos Chico Carriço manteve-se à frente do café, porém em 1966 trespassou-o para o seu atual proprietário a quem todos hoje designamos por “Tonho do Beirão” e que ali se mantém há mais de quarenta anos.
É um café sem grandes floreados, mas com raízes bem profundas no coração dos albicastrenses, se perguntarmos a alguém onde fica todos dirão: Largo da Sé.
A sua explanada é sem qualquer dúvida lugar de culto nos verões da nossa cidade, os caracóis ali servidas tiram do céu o mais fiel devoto de qualquer santo, isto sem esquecer a bela imperial como acompanhamento.
Numa cidade onde o “deita abaixo” é normalmente o desporto favorito de alguns, gostaria de recordar aqui o velho Café Lusitânia e o saudoso Café Arcádia, cafés da minha infância que os albicastrenses não souberam defender dos ignorantes da nossa história.
Ao Café Beirão  e ao seu atual proprietário, este albicastrense deseja muitos e muitos anos a servir os albicastrenses.
O Albicastrense

2 comentários:

  1. Maria Helena Simões
    No " Café Beirão " meu querido Pai, ( João Ramos),que nele trabalhou muitos antes🙏.Sentimentos à família do Sr.Tonho😔.
    Comentário feito no facebook)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu hoje recordo recordo o teu pai no Café Beirão.

      Eliminar

O PASSADO E O PRESENTE - (V)

CASTELO BRANCO ATRAVÉS DOS TEMPOS  " VISTA DA TERRA ALBICASTRENSE CAPTADA DO CASTELO ". Quinta publicação da rubrica: “ I magens d...