sábado, novembro 06, 2021

UM BELO PASSEIO MUTILADO.

SOCORRO!!  

OS

ALBICASTRENSES 

 NÃO PASSAM POR MIM...


Ao longo dos últimos quatro anos, denunciei neste blogue (vários vezes), uma situação que considero totalmente inaceitável, ainda mais, quando essa mesma situação, acontece numa casa frente ao edifício da nossa Junta de Freguesia. 

As imagens desta publicação mostram duas grades, grades que impedem a passagem às pessoas de passar por aquele passeio. Grades (resistentes a presidentes), pois já passaram pela nossa autarquia e Junta de Freguesia, vários presidente e elas continuam muito imperturbavelmente a impedir a passagem a quem por ali quer passar.
Gentes bem informadas, garantiram-me pelas alminhas de quem já partiu,  que as grades estão lá por causa das telhas do beiral que ameaça cair, em cima de quem por ali passar. 
Para tornar ainda mais “interessante” esta triste e pobre historia, foi-me  dito, que a casa foi adquirida pela nossa autarquia à imenso tempo.h 

Não sei quantas vezes mais aqui irei falar deste tristíssimo assunto, ainda mais, quando sei que ele podia ser facilmente resolvido. Se não existir vontade para recuperar a casa, então arranjem o beiral da casa, pois assim,  as pessoas sempre podem passar por este lindo passeio. 

Deste já manifesto que estou disposto a martelar neste assunto,  enquanto não vir  gente  passar pelo belo passeio.

APELO  AO  PRESIDENTE  
DA   
JUNTA DE FREGUESIA DE CASTELO BRANCO

Caro José Pires, eu sei que este assunto não é do seu rosário, todavia, esta vergonhosa situação não pode continuar por muito mais tempo, ainda mais, quando acontece nas barbas de quem comanda a nossa Junta de Freguesia.

Resolver este triste caso, é mostrar aos albicastrenses que quem agora iniciou funções, não está nos cargo para ocupar o lugar, mas antes, para trabalhar em prol da nossa terra.  Se nada for feito, confesso que poderei começar a pensar que nos órgãos do poder da terra albicastrense, apenas mudaram as moscas. 

Como não credito em tal, pois, acredito muito seriamente que desta vez os albicastrenses elegeram os homens certos para dirigir a terra albicastrense nos próximos anos, não posso deixar de dizer o seguinte: a resolução deste triste assunto, poderá servir para mostrar aos albicastrenses que o tempo: "DO DEIXA ANDAR, OU QUEM VIER DEPOIS DE MIM QUE RESOLVA", terminou. 

                                           O ALBICASTRENSE


 




                          

Sem comentários:

Enviar um comentário

O PASSADO E O PRESENTE - (V)

CASTELO BRANCO ATRAVÉS DOS TEMPOS  " VISTA DA TERRA ALBICASTRENSE CAPTADA DO CASTELO ". Quinta publicação da rubrica: “ I magens d...