sexta-feira, abril 16, 2021

APONTAMENTOS HISTÓRICOS SOBRE CASTELO BRANCO

236 ANOS DE DEPOIS....

A 15 de Abril de 1785, nasceu em Castelo Branco José Bento Pereira, que se formou em Cânones, pela Universidade de Coimbra. Teve assento nas cortes, reunidas em 2 de Julho de 1823, pela divisão de Castelo Branco, tendo feito parte da Comissão Legislativa.

José Bento Pereira foi perseguido e pronunciado por delito político. Posteriormente foi indultado. Em 1828, foi preso por ser correligionário do liberalismo, tendo sido encarcerado no Forte de S. Julião da Barra, tendo ali permanecido até ao dia 19 de Dezembro de 1831, seguindo depois para Vila da Praia, a borde da charrua ”Oreites”.
Após o regresso à Metrópole dois anos depois e após a promulgação da Convenção de Évora monte foi nomeado Juiz do tribunal Comercial da 2º InstânciaAinda por motivos políticos, foi exonerado do cargo de Juiz, por decreto de 5 de Outubro de 1836, vindo a ser reintegrado nas funções de Juiz, poucos messes depois. 
Durante a primeira invasão Francesa, José Bento Pereira desempenhou um papel relevante, junto da população e autoridades concelhias, pois era a única pessoa em Castelo Branco, que sabia falar Francês. Veio a falecer em Lisboa, no dia 1 de Setembro de 1864, com 79 anos.  

PS. Recolha de dados: Jornal "Reconquista"
O ALBICASTRENSE

Sem comentários:

Enviar um comentário

MEMÓRIAS DA TERRA ALBICASTRENSE

Recuperar e pintar antigas imagens da terra albicastrense, dá-me uma enorme satisfação.  Quando “apanho” uma antiga imagem da terra albicast...