terça-feira, abril 27, 2021

FERNÃO DE MAGALHÃES

500 ANOS DEPOIS...

(Nascimento 1480, Saborosa, Reino de Portugal. Morte, 27 de Abril de 1521) 

Numa época em que alguns pretendem rescrever a nossa historia, este albicastrense que não alinha nessa estapafúrdia maluqueira,  recorda alguém que morreu  no dia de hoje à 500 anos.

Navegador Portuguesa que se notabilizou por ter encabeçado a primeira viagem de circum-navegação  ao globo de 1519 até 1522, ao serviço da Coroa de Castela. A expedição espanhola Magalhães-Elcano. Nascido numa família nobre, em 1505 viajou para as Índias Ocidentais, participando de várias expedições militares.

A serviço do rei de Castela, Carlos V  do Sacro Império Romano-Germânico (também rei de Aragão e Itália  entre outros títulos), planeou e comandou a expedição marítima que efetuou a primeira viagem de circum-navegação ao globo. 
Foi o primeiro a alcançar a Terra do Fogo no extremo sul do continente americano,  a atravessar o estreito que hoje que hoje leva seu e a cruzar o Oceanos Pacifica, que nomeou. 
Fernão de Magalhães foi morto em batalha em Cebu nas Filipinas durante a expedição, posteriormente chefiada por Juan Sebastián Elcano  até ao regresso em 1522. O Pinguin-de-Magalhães   recebeu o seu nome como homenagem, já que Magalhães foi o primeiro Europeu a ter visto um. 
As aptidões de navegação de Fernão também foram reconhecidas na nomeação de objetos associados à astronomia, incluindo as Nuvens de Magalhães, as crateras lunares de Magalhães, e as crateras marcianas de Magalhães  e as crateras marcianas de Magalhães e sonda espacial da NASA Magellan   (versão inglesa do nome).
A sua vida e a viagem de circum-navegação é descrita ao pormenor no romance biográfico " Fernão de Magalhães e a Ave- do- Paraiso"   do escritor João Morgado. 

(Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre). 
                                             O ALBICASTRENSE

2 comentários:

  1. Anónimo21:49

    "morreu do dia de hoje à 500 anos."
    Correctamente, seria "morreu no dia de hoje há 500 anos."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo.
      Parece que não lhe escapa nada.

      Eliminar

MEMÓRIAS DA TERRA ALBICASTRENSE

Recuperar e pintar antigas imagens da terra albicastrense, dá-me uma enorme satisfação.  Quando “apanho” uma antiga imagem da terra albicast...