terça-feira, dezembro 14, 2021

MEMÓRIAS DA TERRA ALBICASTRENSE

A HISTÓRIA DO BAIRRO DO LEONARDO

No dia 21 de Outubro de 1940, faleceu em Castelo Branco, o conceituado industrial Leonardo José de Sousa de 68 anos de idade. De origem bastante modesta, singrou na vida, a pulso. Iniciou a sua atividade comercial, instalando uma taberna na cidade. Posteriormente ligou-se á indústria corticeira.

Em 1907, numa altura de grande a recessão económica e os operários albicastrenses atravessavam uma enorme crise laboral, Leonardo de Sousa tomou a iniciativa de construir a expensas suas, dezenas de casas de habitação, para depois arrendar a preços módicos, a trabalhadores que laborassem na sua fábrica.
 Foi deste modo que surgiu o tão conhecido e popular Bairro do Leonardo, nome que se estendeu a toda aquela zona citadina, em tácita memória e expressiva homenagem, de todos os albicastrenses a Leonardo de Sousa, o qual permanece na lembrança de todos os naturais de Castelo Branco. 
Há mesmo quem considere Leonardo de Sousa, como sendo o pioneiro do desenvolvimento e renovação urbanística, que cinco décadas mais tarde se veio a verificar em Castelo Branco. De notar que em 1940, residiam em Castelo Branco, 12.763 habitantes. 

PS. A recolha de dados: Jornal ”A Reconquista" 

 O Albicastrense

3 comentários:

  1. Aida Beirao
    Em primeiro plano a linha de casas da rua 5 de outubro . Os quintais das mesmas fazem parte de uma das artérias do Bairro Leonardo.
    (Comentário feito no facebook)

    ResponderEliminar
  2. Alvaro Barreiros
    A 5 de Outubro continua, mas com melhoramentos.
    (Comentário feito no facebook)

    ResponderEliminar
  3. José Pereira Lopes
    Este foi o Bairro para onde fui morar quando fui estudar para o Liceu de Castelo Branco, onde ainda jogávamos futebol com uma bola de trapos.
    (Comentário feito no facebook)

    ResponderEliminar

MEMÓRIAS DA TERRA ALBICASTRENSE

Recuperar e pintar antigas imagens da terra albicastrense, dá-me uma enorme satisfação.  Quando “apanho” uma antiga imagem da terra albicast...