segunda-feira, julho 24, 2006

Devesa e Passeio verde

OBRAS NO CENTRO DA CIDADE

As obras da antiga devesa aproximam-se do fim, é portanto altura de fazer um pequeno balanço das obras ali feitas.

QUE DIZER SOBRE AS MUDANÇAS NO CENTRO DA CIDADE?

Devesa e Passeio verde

Já aqui me manifestei contra a descaracterização do antigo parque da cidade, já aqui considerei que o actual largo da Sé, seria o ideal para figurar a porta de um qualquer cemitério de aldeia, já aqui declarei que o abandono da zona histórica da cidade durante mais de vinte anos deveria ter sido considerado crime e os responsáveis da altura devidamente punidos, falei igualmente do abandono do miradouro de S. Gens, da desgraça em que se encontra a praça Camões etc., etc., etc., resta apenas acrescentar que não só denunciei o que entendia que estava mal e que continua a estar em alguns casos, como aplaudi a realização de algumas obras (e são muitas felizmente) que me pareceram correctas e aproveito o momento para desde já felicitar a autarquia Albicastrense pelo inicio das obras no antigo edifício dos correios desejando que de futuro a sua utilização seja uma mais valia para a nossa cidade.
Como já aqui afirmei nasci em Castelo Branco há cerca de 55 anos e aqui cresci e me formei como homem, dito isto quer desde já afirmar que talvez tivesse alguma lógica estar aqui a defender tudo aquilo que me habituei a ver desde criança e que fazia parte do meu imaginário, assim como de muitos Albicastrenses.
Porem tal situação não será impedimento (penso eu) para ajuizar de forma honesta as obras feitas no centro cívico na nossa cidade.

A DEVESA

A devesa foi sempre (pelo menos que me lembre) uma autêntica desgraça no centro da cidade, os parques de estacionamento improvisados, mas nunca acabados foram sempre os seus maiores êxitos a única duvida, que se podia colocar em relação á devesa, nunca poderia ser quanto á necessidade das obras mas sim qual o projecto para o local. Agora com a finalização das obras à vista penso que a cidade se pode orgulhar da nova devesa, mas nunca docas e muito menos secas (pois a cerveja desliza por ali).
Não querendo copiar o Prof. Marcelo, mas com a devida vénia eu daria as obras ali feitas nota positiva de
20 Valores, pelo bom trabalho ali feito.

O PASSEIO VERDE

O passeio verde, local de convívio de muitas gerações de albicastrenses, sofre alterações drásticas!
Esta bem poderia ser o título de uma qualquer notícia sobre as alterações ali efectuadas. Que dizer desta hipotética noticia que não foi noticia, mas cujo o assunto se tornou realidade. Vamos por partes!

As obras eram necessárias!

Quanto á justeza das obras no local é assunto encerrado para mim, basta pensar nas casotas situadas por baixo do passeio verde, nos carros aos montes ali estacionados ou ainda nas dificuldades de circulação do transito, para estar de acordo com elas e por aqui me fico.
Agora quanto ao resultado das obras (o novo passeio verde) aqui é que o gato mija no prato, trocar a floresta que ali existia com todo o seu significado ambiental e histórico, por carradas e carradas de granito é no mínimo bizarro e de muito mau gosto.

Mas também aqui de quem é a responsabilidade?

Nossa Albicastrenses!

Onde estava-mos nós quando o projecto para o local foi apresentado para discussão, (se é que alguma vez ele esteve em discussão).

Pois é, como diria o poeta cada um tem aquilo que merece.

E para terminar este ponto, quero aqui expressar a minha discordância em público contrariando a grande maioria dos albicastrenses que pensam que a melhor forma de estar de acordo é comer e calar.
Não era difícil dar á devesa uma nova cara e respeitar parte do seu passado histórico, bastava apenas alguma sensibilidade, bom senso e algum respeito pelo passado.
Nota negativa, para esta obra senhor Presidente.

O Albicastrense



6 comentários:

  1. Como o passeio verde, a estátua do vaz preto também já esteve num jardim, agora está num terreiro de cimento com esqueletos de árvores
    http://bigodesdovazpreto.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Anónimo19:21

    O passeio verde e a devessa são como o deserto do Saara,cobras e largartos há lá muitos,só lá faltam os camelos.Xi

    ResponderEliminar
  3. Anónimo23:00

    ANOVA DEVESA SOLUCIONOU O GRANDE
    PROBLEMA DO ESTACIONAMENTO.
    MAS ESTA POR SULUCIONAR O PROBLEMA
    DAS SOMBRAS SAO BASTANTE RARAS!
    sara que a nova devesa tera sido
    feita unicamente para a vida nocturna?

    ResponderEliminar
  4. Anónimo16:10

    A devesa foi feita para a vida nocturna,mais para os vandalos que não têem para onde ir e vão para ali fazer toda a merda.Quanto ao estacionamento não sou eu que lá vou por o meu carro, pois aquilo com a chuva parece mais o mar do que um parque de estacionamento.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo14:51

    Keep up the good work »

    ResponderEliminar
  6. Anónimo13:50

    Very cool design! Useful information. Go on! »

    ResponderEliminar

DESCOBRINDO CASTELO BRANCO ANTIGO – (VI)

  Esta é uma imagem que irá deixar muita gente a coçar a cabeça e a interrogar-se, sobre o local onde este edifício tinha poiso na terra...