sexta-feira, setembro 15, 2006

MANUEL VAZ PRETO GERALDES


(1) Manuel Vaz Preto Geraldes, par do reino pelo distrito de Castelo Branco, cargo quase equivalente ao de deputado, proferiu um importante discurso na Câmara dos Dignos Pares do Reino, em 27 de Março de 1878, em que o mesmo e de uma forma violenta atacou fortemente o governo devido à demora na construção do caminho de ferro da Beira Baixa. Vaz Preto como político, aproveitou sempre todas as oportunidades para defender a sua construção e o facto de se terem já construído o Ramal de Cáceres e a Linha da Beira Alta, ele propôs logo a construção da Linha da Beira Baixa directamente a Castelo Branco, Fundão, Covilhã e Guarda. Este acabou por ser o projecto definitivo que veio a ser adoptado para a linha.

(2) A 2
de Junho de 1920, foi colocada, no antigo passeio público, no Centro Cívico, a primeira pedra do que havia de ser um monumento erigido em memória do conselheiro Vaz Preto, a cuja influência politica, junto do Rei D. Carlos, se ficou a dever a passagem, por Castelo Branco, da linha-férrea da Beira Baixa Porém, dado que as dimensões do busto, em bronze não estavam proporcionadas à vastidão da praça do Município, em 1943, a edilidade municipal decidiu colocar o monumento no Largo da Sé.

Ps. Os dados históricos do ponto (2) são da autoria de Gil Reis e foram publicados no Jornal ”A Reconquista”.
O Albicastrense

4 comentários:

  1. Verissimo, posso estar a confundir-me, mas a 1ª morada desse busto foi o largo da estação. Quase que era capaz de jurar
    Abraço

    Joaquim Baptista

    ResponderEliminar
  2. Agora não o mudaram de sítio mas mudaram-lhe a envolvência. Onde antes havia um jardim agora existe um terreiro de betão.
    não sabia dos diferentes locais do busto, interessante a foto a preto e branco.
    outro motivo pelo qual se bateu vaz preto, e que vem documentado nas "farpas", foi pela proibição das mulheres praticarem desporto... achava ele que era imoral...

    ResponderEliminar
  3. Não era mais bonito o Largo da Sé?

    ResponderEliminar
  4. Batista,
    Quanto ao busto do Vaz Preto, em tempos ouvi qualquer coisa sobre essa hipótese, mas não encontrei nada que confirmasse essa possibilidade.

    Quanto ao Largo da Sé, estou de acordo contigo, era muito mais bonito o antigo largo da Sé.

    ResponderEliminar

A RUA DA MINHA ESCOLA – (VII)

        (ESCOLA DA SENHORA DA PIEDADE)                          O que sabemos nós da rua da nossa escola primária? João Evangelista...