segunda-feira, dezembro 08, 2014

ALBICASTRENSES DE TEMPOS PASSADOS

LEMBRANÇAS DO PASSADO
(A mercearia e a tasca, do Zé Cachopo)

Ao passar ontem pela rua J. Morão, dei comigo a olhar para uma velha porta desta rua, lugar onde em tempos existiu uma mercearia e uma tasca (imagem postada).
Segundo sei, os dois estabelecimentos eram pertença do Zé Cachopo pai de quatro filhas, duas trabalhavam na Companhia de Seguros Mundial, uma dava explicações em casa,  a outra, servia ao balcão da mercearia.
A mercearia e a tasca do Zé Cachopo, fecharam à muitos e muitos anos, o Zé e as filhas também já não fazem parte do mundo dos vivos, todavia, ao passar ontem por ali, veio-me à lembrança a imagem das manas à janela da casa, aliás, esse era o passatempo preferido das manas quando não estavam a trabalhar.
Em recordação das manas, Adélia, Deolinda, Lurdes (da outra não recordo o nome) e do Zé Cachopo, aqui fica uma pequena homenagem de quem por ali passava na sua meninice e, se deliciava a olhar para as manas à janela.
O Albicastrense

Sem comentários:

Enviar um comentário

O NOSSO BARROCAL

A MINHA OPINIÃO SOBRE O BARROCAL  O Barrocal é para mim, e para muitos albicastrenses, um local de memórias e afectos, pois muitos de ...