segunda-feira, agosto 07, 2017

DESCOBRINDO CASTELO BRANCO ANTIGO – (V)


A  imagem que desta vez  estou  a postar   mostra-nos o busto de Manuel Vaz Preto Geraldes, busto colocado em Junho de 1920 frente ao edifício da câmara municipal.
Como é possível ver-se, o referido busto está de frente  para a estação do caminho de ferro, tal, deve-se ao facto de ele ter sido um dos principais responsáveis pela construção do caminho de ferro da beira baixa.

Uma das perguntas que muitas vezes me fazem sobre este busto, é se  ele não esteve inicialmente no largo da estação.

A imagem aqui postada e o texto que pode ser lido a seguir provam que o referido busto teve unicamente dois poisos, o antigo Passeio Publico e o Largo da Sé.
UM POUCO DE HISTÓRIA
MANUEL VAZ PRETO GERALDES
Manuel Vaz Preto Geraldes, par do reino pelo distrito de Castelo Branco, cargo quase equivalente ao de deputado, proferiu um importante discurso na Câmara dos Dignos Pares do Reino, em 27 de Março de 1878, em que de uma forma violenta atacou fortemente o governo devido à demora na construção do caminho de ferro da Beira Baixa.
Vaz Preto como político, aproveitou sempre todas as oportunidades para defender a sua construção e o facto de se terem já construído o Ramal de Cáceres e a Linha da Beira Alta, ele propôs logo a construção da Linha da Beira Baixa directamente a Castelo Branco, Fundão, Covilhã e Guarda. Este acabou por ser o projecto definitivo que veio a ser adoptado para a linha.
2 de Junho de 1920, foi colocada, no antigo passeio público, no Centro Cívico, a primeira pedra do que havia de ser um monumento erigido em memória do conselheiro Vaz Preto, a cuja influência política, junto do Rei D. Carlos, se ficou a dever a passagem, por Castelo Branco, da linha férrea da Beira Baixa.
Porém, dado que as dimensões do busto, em bronze não estavam proporcionadas à vastidão da praça do Município, em 1943, a edilidade municipal decidiu colocar o monumento no Largo da Sé.
                                                   O Albicastrense

Sem comentários:

Enviar um comentário

A RUA DA MINHA ESCOLA – (VII)

        (ESCOLA DA SENHORA DA PIEDADE)                          O que sabemos nós da rua da nossa escola primária? João Evangelista...