terça-feira, novembro 19, 2013

VELHAS RUAS DA TERRA ALBICASTRENSE

 
A ESPERANÇA MORA AQUI....
A zona histórica de Castelo Branco é como todos aqueles que por ali costumam deambular, um amontoado de casas em ruínas, independentemente da recuperação das ruas e de algumas casas feita pela autarquia albicastrense.
Situação que já aqui realcei muitas e muita vezes, contudo, hoje em vez de estar aqui a lamentar-me sobre tal calamidade, quero aqui plantar uma réstia de esperança junto daqueles que olham para as velhas ruas da zona histórica, como um testemunho do passado que é necessário recuperar e preservar.
Nas ruas de S. Sebastião e Mouzinho Magro, estão a ser recuperadas algumas velhas casas, recuperação que pode vir a dar áquelas ruas a vida que em tempos já tiveram.
Na rua de S. Sebastião a autarquia adquiriu algumas casas que se encontravam em ruínas e está a recuperá-las, na de Mouzinho Magro, um velho palacete está a ser recuperado por quem o comprou, aliás, as imagens aqui postadas são elucidativas do que por ali se passa.
A rua de S. Sebastião vai poder voltar a ter gente a morar nela, coisa que tinha deixado de acontecer em virtude da degradação instalada, contudo ainda temos nesta rua o bonito palacete da família Tavares Proença na situação que todos conhecemos.
Na de Mouzinho Magro a situação é bem diferente, pois estamos perante a recuperação de um velho palacete, palacete que à muito exigia ser restaurado, porém nesta rua existem ainda muitas casas à espera de melhores dias.
Como sou optimista quero acreditar que ainda nesta década, seja possível aos proprietários e à autarquia, recuperar parte das muitas casas ao abandono na zona histórica da terra albicastrense.
O Albicastrense

Sem comentários:

Enviar um comentário

AO PRESIDENTE DA AUTARQUIA ALBICASTRENSE - (II)

Hoje ao passear pela rua Mousinho Magro, dei comigo a olhar para os dois portados que se podem ver na imagem aqui postada e a perguntar ...