terça-feira, março 18, 2014

ANTIGAS CAPELAS DA TERRA ALBICASTRENSE - VII

"CAPELA DE SÃO JOÃO BATISTA"
A sua primitiva construção datava do século XVI. O culto de S. João e a conservação de capela estavam a cargo de uma mordomia. 
Na primeira metade do século XVIII, estando a capela muito arruinada, foi demolida e reconstruída, num local contíguo ao primitivo, no estilo gótico barroco da época. Porém, em 1835 a Câmara Municipal pensou em localizar no largo de S. João um mercado diário e, com esse intuito, solicitou autorização para a mandar demolir, a autorização foi dada pelo deferimento de 25 de Setembro de 1835, porem só veio a ser demolida em 1911.
Os bens da confraria de S. João, que eram constituídos por 15 casas, 8 Chões, 9 vinhas e 14 olivais, cujos rendimentos anuais eram respectivamente de 1$920 reis, 630 reis, 1$870 reis, e 401 reis foram incorporados na da Misericórdia de Castelo Branco por ordem do rei D. Manuel I, quando este monarca a instituiu em 1515. 
Consta do livro do Tombo da Comenda de Cristo que a capela de S. João Batista tinha o comprimento de 92 palmos e meio e a largura de 29 palmos.

Recolha de dados: “Castelo Branco na História e na Arte”, de Manuel Tavares dos Santos
O Albicastrense

Sem comentários:

Enviar um comentário

O NOSSO BARROCAL

A MINHA OPINIÃO SOBRE O BARROCAL  O Barrocal é para mim, e para muitos albicastrenses, um local de memórias e afectos, pois muitos de ...