terça-feira, abril 18, 2017

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA: CASTELO BRANCO Um século de Imagens

 
 ANTÓNIO VERÍSSIMO BISPO
Nasceu em Castelo Branco no ano de 1950. Trabalhou no Museu de Francisco Tavares Proença Júnior entre 1976 e 2003, instituição onde desempenhou várias funções.
Enamorou-se pela fotografia no final da década de 70, namoro que quarenta anos depois permanece e se tornou mais intenso.
Após a sua reforma, começou a ter como distração a recolha de velhas imagens da terra albicastrense.

CASTELO BRANCO
Um Século de Imagens
Para muitos dos visitantes desta exposição, as velhas imagens da terra albicastrense poderão recordar-lhes tempos passados:

- Tempos em que a Devesa era bem distinta daquela que hoje conhecemos;
- Em que um majestoso hotel se erguia no centro cívico da terra albicastrense;
- Em que uma imagem da "Foto Beleza" nos transporta para um centro cívico, que ainda hoje nos faz sonhar pelo seu esplendor;
- Ou ainda, recordar antigos edifícios e locais que os albicastrenses deixaram desaparecer, muitas vezes sem que tudo fosse feito para o evitar.

Para outros, serão apenas imagens de tempos passados, imagens históricas de um determinado local, sitio bem diferente daquele que hoje lá existe.

As imagens expostas nesta exposição não têm como pretensão matar saudades ou aplaudir outros tempos, mas antes, contar histórias de tempos passados, narrativas onde através das imagens expostas, possamos falar do passado, olhar o presente e, (porque não), pensar o futuro. 
Desta forma, talvez seja possível evitar a demolição do nosso passado, sempre que cogitarmos o futuro da terra albicastrense.

                                       AGRADECIMENTOS

· Aos autores das imagens expostas, pessoas que já nos deixaram há muitos anos, mas que através das suas imagens continuam entre nós.

· À minha família e amigos por todo o apoio e incentivo nesta aventura.

· A Jorge Neves pelo incentivo para realizar esta exposição.

· À Junta de Freguesia de Castelo Branco, sem a qual ela jamais seria possível.

                               
                        PARA TODOS ELES, O MEU BEM-HAJAM!
                                               António Veríssimo Bispo

2 comentários:

  1. Anónimo07:47

    Bom dia,
    Peço desculpa pelo pedido, mas precisava de imagem do lintel manuelino na Rua dos Peliteiros; a talha da pedra mostra um indivíduo tosquiando uma ovelha. Tive um azar no disco externo e perdi essa foto. Será possível enviar-ma dentro de dias? Muito obrigada!
    Franklin Pereira - Braga

    ResponderEliminar
  2. Caro Franklin Pereira.
    Diz o meu amigo o seguinte: “Na Rua dos Peliteiros; a talha da pedra mostra um indivíduo tosquiando uma ovelha”.
    Confesso que nunca tinha ouvido tal, contudo existe na referia rua, um portado que tem uma tesoura gravada no lintel, envolvida no respetivo ornato.
    Será esta imagem a que se refere?
    No caso de ser a imagem que pretende, posso mandar-lha se me enviar o seu email.
    Abraço

    ResponderEliminar

RUAS DA ZONA HISTÓRICA DE CASTELO BRANCO

AS MINHAS IMAGENS  ZONA HISTÓRICA DA TERRA ALBICASTRENSE  O  Albicastrense