domingo, março 24, 2013

ECOS DO PASSADO - II


SETENTA E QUATRO ANOS DEPOIS

No dia 24 de Março de 1939, faleceu em Angola, o ilustre albicastrense Luís Sampaio Torres Fevereiro. Capitão de Cavalaria do Exercito português, na situação de reserva. Desempenhou, em Castelo Branco, diferentes cargos públicos, entre os quais destacamos os de Professor interino, no Liceu Nuno Alvares e Governador Civil, substituto, por duas vezes. 
Monárquico, convicto, foi preso em Outubro de 1911, permanecendo, durante três meses no Forte do Alto do Duque. Libertado, exilou-se em Espanha. Julgado à revelia, foi condenado em oito anos de prisão, pena que não chegou a cumprir.
Luís Fevereiro fixou-se em Angola, em 1921, tendo sido reitor do Liceu e director da Escola Primaria Superior de Sá da Bandeira

PS. A recolha dos dados históricos é de José Dias.
A compilação é de Gil Reis e foram publicados no Jornal "A Reconquista”.
O Albicastrense

Sem comentários:

Enviar um comentário

AO PRESIDENTE DA AUTARQUIA ALBICASTRENSE - (II)

Hoje ao passear pela rua Mousinho Magro, dei comigo a olhar para os dois portados que se podem ver na imagem aqui postada e a perguntar ...