sexta-feira, setembro 30, 2016

ENCICLOPÉDIA ALBICASTRENSE - (XIX)

                                           UM POUCO DA NOSSA HISTÓRIA

Em 25 de Setembro de 1835, foi mandada demolir a Capela de São João, por uma portaria, ficando o terreno, onde o templo se encontrava erguida, pertença da Câmara Municipal de Castelo Branco, a fim de naquele espaço vir a ser instalado o Mercado Municipal.
Todavia, o terreno só veio a ficar devoluto em 1912, pois os albicastrenses sempre foram  contrários  à demolição desta Capela.
Só 77 anos depois (9 de Outubro de 1912), foram retirados da Capela de S. João, todas as imagens, paramentos religiosos e alfaias de culto, tendo sido transportado todo este recheio eclesiástico, para o edifício do Paço Episcopal, ocupado nessa época, pelo Liceu Nacional de Castelo Branco. 
Esta iniciativa teve lugar para que este templo fosse demolido, no sentido de tornar o largo de S. João mais amplo, a fim de haver mais espaço livre, para mais confortavelmente ali se realizarem os mercados semanais.
(Ps. Recolha de dados: Jornal Reconquista).
O Albicastrense

Sem comentários:

Enviar um comentário

AO PRESIDENTE DA AUTARQUIA ALBICASTRENSE - (II)

Hoje ao passear pela rua Mousinho Magro, dei comigo a olhar para os dois portados que se podem ver na imagem aqui postada e a perguntar ...