sábado, maio 12, 2018

ENCICLOPÉDIA ALBICASTRENSE - (XXVII)


           DATAS E FACTOS

1778 – A Rainha, em 30 de Novembro, nomeia João Antunes  Pelejão para o lugar de médico de Castelo Branco, com o ordenado anual de 40.000 réis, e com a condição de se não poder nomear outro quando falecesse um dos três existentes, devendo a calmara ter somente dois médicos.
1788 – Em 24 de Novembro, o pro medicato do Porto passa carta a Maria Martins, que foi a primeira parteira que em Castelo Branco a exercer a arte obstetrícia.
1816 – D. João, em alvará de 12 de Novembro, ordena que pelos sobejos das cizas, havendo-o se faça a obra do Chafariz da Mina, foi concluído em 1825.
1836 – É dissolvido o Batalhão Nacional de Castelo Branco, em portaria de 12 de Novembro.
1849 – Tinha o concelho de Castelo Branco, em Novembro, as seguintes escolas: Castelo Branco, 2, sendo uma de cada sexo, Alcains, Escalos de Baixo, Lardosa, Monforte, Salgueiro e Sarzedas, 1 em cada freguesia, e todas do sexo masculino.
1852 – Uma grande tempestade devasta os campos e danifica as habitações de Castelo Branco durante os dias 15, 16, 17, 18 e 19 de Novembro.
1854 – É criada por decreto de 3 de Novembro a Sociedade Agrícola de Castelo Branco.
1883 – O corpo de Policia Civil de Castelo Branco foi criado em sessão da junta geral do distrito em 2 de Novembro. Foi seu primeiro comissario Francisco António Lucas e seu primeiro chefe Dinis Rodrigues Antunes.
O Albicastrense

Sem comentários:

Enviar um comentário

ENCICLOPÉDIA ALBICASTRENSE - (XXVIII)

            DATAS E FACTOS No dia cinco de Maio de 1909, o Município Albicastrense aprovou o orçamento que serviria de almofada financ...