sexta-feira, dezembro 22, 2006

A MINHA CIDADE

CASTELO BRANCO

NA

HISTÓRIA E NO TEMPO

Em época de paz e concórdia, aqui fica um post com algum humor.
A todos os visitantes deste blog um feliz natal, e que o ano de 2007 seja muito melhor que o de 2006.
São os votos sinceros do albicastrense.

A 27 de Outubro de 1808, deu entrada em Castelo Branco, um regimento de infantaria escocesa, o qual surpreendeu os albicastrenses, provocando grande escândalo, tanto nos homens como nas mulheres, ferindo a sua susceptibilidade, especialmente do sector feminino, que não gostou de ver os militares envergando saiotes, o que se tornou um grande e melindre ofensivo do pudor e bons hábitos das gentes albicastrenses, e um verdadeiro sacrilégio para os padres da época. Apesar de se apresentarem irrepreensivelmente fardados, esmeradamente limpos e muito asseados de serem deveras correctos, delicados e respeitadores, mesmo assim não agradaram ao povo albicastrense, nem conseguiram granjear as simpatias dos albicastrenses.
E se calhar nem sabiam que quando rigorosamente vestidos, não podiam usar cuecas nem ceroulas, por baixo do saiote. Este corpo Expedicionário, era composto por um coronel, um tenente-coronel 15 capitães, 36 oficiais subalternos e por 1050 praças. Ficaram instalados no Convento de Santo António, na Igreja da Rainha Santa e na Capela de São Pedro. Abandonaram Castelo Branco, no dia 29 de Outubro. Estes militares, que eram muito gentis e altamente disciplinados, deixaram a cidade sem terem provocado o mais leve desvario ou qualquer distúrbio.

PS. A recolha dos dados históricos é de José Dias.
A compilação é de Gil Reis e foram publicados no Jornal ”A Reconquista”

O Albicastrense

2 comentários:

DESCOBRINDO CASTELO BRANCO ANTIGO – (VI)

  Esta é uma imagem que irá deixar muita gente a coçar a cabeça e a interrogar-se, sobre o local onde este edifício tinha poiso na terra...