quarta-feira, agosto 29, 2007

Museu do Brinquedo

DAR VOZ

A cidade de Castelo Branco vai ter o Museu do Brinquedo.
O processo para a instalação de um Museu do Brinquedo na urbe albicastrense, com expressão nacional e até internacional, está bem encaminhada, havendo fortes possibilidades de este projecto se tornar realidade dentro de relativamente pouco tempo.
Segundo apurámos, a Câmara Municipal de Castelo Branco está a liderar todo o processo para a instalação do futuro Museu do Brinquedo.
Aliás, o próprio presidente da Câmara, Joaquim Morão, confirmou que o processo se encontra em curso e que está bem encaminhado. No entanto, o autarca mostrou-se sempre comedido nas palavras e não quis adiantar muitos pormenores sobre todo o processo.
Apesar disso, Joaquim Morão confirmou que o antigo edifício dos CTT, junto à Sé Catedral, é uma forte possibilidade para vir a receber o futuro Museu do Brinquedo de Castelo Branco.
Recorde-se que a autarquia albicastrense adquiriu aquele imóvel que se encontra em fase de recuperação e onde investiu qualquer coisa como cerca de um milhão de euros.
Uma coisa é certa. Joaquim Morão garantiu que a concretizar-se este projecto, o Museu do Brinquedo virá para Castelo Branco sempre com uma perspectiva em mente, isto é, que seja um museu de expressão nacional.
28-08-2007 Carlos Castela ora aqui está a BRINCADEIRA CULTURAL DO MUNICÍPIO DE CASTELO BRANCO

PS – Não há mais museus do brinquedo em Portugal? O que é que Castelo Branco ganha?

O texto que acaba de ler, foi colocado na secção de comentários deste blog, com a assinatura de Carlos Castela.
Por entender que o mesmo levanta uma questão importante na comunidade albicastrense, o mesmo foi colocado como post, para poder ser comentado por todos nós (entre os quais eu próprio).

O Albicastrense


4 comentários:

  1. Anónimo23:28

    E porque não um museu para o bordado? Era muito mais util.

    ResponderEliminar
  2. Caro Carlos Castela:
    Já alguém me tinha assoprado aos ouvidos esta ideia estapafúrdia do nosso presidente, porém não dei crédito a tal assopro.
    A pergunta a colocar ao presidente da nossa autarquia, (Joaquim Morão), só pode ser uma!: Porque raio um museu do brinquedo na nossa cidade?
    E porque não um museu Etnográfico, Arqueológico ou do Bordado?
    Não deveriam os museus albicastrenses, ser instituições que retratem a nossa identidade cultural e social enquanto povo ao longo dos tempos, perante aqueles que nos visitam?
    Ou será que um qualquer museu do brinquedo que tanto pode ser construído em Castelo Branco como na cochinchina, é mais importante que dar a conhecer aos nossos visitantes, quem fomos, quem somos, e para onde vamos?
    Ao autarca Joaquim Morão deixava aqui um recado:
    Senhor Presidente os Museus não são instituições a criar consoante o gosto de quem nos governa, pois se assim for um dia destes teremos o museu da anedota (ou da laracha).
    Os museus são instituições serias, quando constituídos devem sê-lo na base de um estudo adequado as realidades da região a que pertence, e nunca nos desejos excêntricos de quem nos governa “hoje”.
    Será que os albicastrenses já se esqueceram do
    “Pobre” Museu Académico?
    O albicastrense

    ResponderEliminar
  3. Anónimo11:03

    O Morão anda a brincar demais com Castelo branco. Talvez entre para um museu mais cedo do que pensa. Não se deixem enganar com estas brincadeiras dos museusinhos disto e daquilo.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo18:45

    Continuemos, infelizemnte, com os anónimos. Bom regressado de férias esta do museu 'internacionl do brinquedo em castelo branco é das coisas mais interessantes que me foi ddo ouvir nos últimos anos. A cultura da cidade como um verdadeiro projecto colectivo está em regressão.è a ditadura da brincadeira que impera. Pergunta quem é que escreve os textos ao presidente MorÃO NA AGENDA CULTURAL? DEVIA SER PROIBIDO DE ESCREVER.

    ResponderEliminar

DESCOBRINDO CASTELO BRANCO ANTIGO – (VI)

  Esta é uma imagem que irá deixar muita gente a coçar a cabeça e a interrogar-se, sobre o local onde este edifício tinha poiso na terra...