sexta-feira, junho 17, 2011

ROMAGEM DA SAUDADE - 2011


A nossa cidade vai ter este fim de semana como acontecimento, a 18ª Romagem da Saudade.
Gostaria de lembrar aqueles que normalmente passam ao lado deste acontecimento, que estes encontros se realizam desde 1946 e que durante esse tempo, os Romeiros da Saudade prestaram homenagem a muitos ilustres de Castelo Branco, a antigos professores, a figuras populares de Castelo Branco e ainda a colegas já desaparecidos.
Também este albicastrense quer prestar homenagem a estes bravos “combatentes”, pela sua persistência em continuar esta bela iniciativa, independentemente do tempo, que vai pouco a pouco levando alguns dos “velhos” romeiros. Mas também aqui podemos
afirmar:
"Por cada Romeiro da Saudade que partir, outro ocupará o seu lugar".
Para eles aqui fica uma pequena recordação, sobre a 5ª Romagem da Saudade, realizada em 1971.
Este trabalho que não está aqui na sua totalidade, foi publicada na revista “Estudos de Castelo Branco”, em Janeiro de 1972.
O Albicastrense

5 comentários:

  1. Anónimo13:34

    Mas estes romeiros so vivem de saudade
    falem da cidade do presente rumo ao futuro
    cinzentos temos de mais
    para e comer e ter muitissimos
    e de borla nem se fala
    nao havera Romeiros arasca

    ResponderEliminar
  2. Anónimo18:24

    Anónimo das 13,34, de certo modo, concordo consigo.
    Que diz a uma achegazinha sobre a "cidade do presente rumo ao futuro"? Assuntos não faltam. Há tanto para dizer. Agitemos as águas...Estão a ficar estagnadas, podres. Um pântano.
    Vou pensar o que posso fazer.
    Mas, é bom não esquecer: Recordar também é viver...
    Sentinela da Noite

    ResponderEliminar
  3. Caros amigos.
    Claro que é importante falar do presente e da prespectiva do futuro de Castelo Branco. No entanto apenas um pergunta para vocês:
    Haverá presente ou futuro se nos esquecermos do passado? Claro que não!
    Pois, quem não conseguir aconchegar, ajeitar, ou respeitar o passado da terra onde nasceu, dificilmente fará pela sua terra algo que a engrandeça.
    Terminava lembrando que estes Romeiros da Saudade, (muitos deles não são albicastrenses) demostram com a sua persistência a este causa, um amor por Castelo Branco que a grande maioria dos que cá nascerem nunca demostraram.
    Um abraço para ambos

    ResponderEliminar
  4. Anónimo03:04

    Sr. Verissimo, não há qualquer discordância, nem desejo alimentar qualquer polémica. Limitei-me a concordar com o anónimo sobre a necessidade de debater a cidade, actual e futura,com novas achegas. Estou certo que é possível mobilizar alguns dos bons comentaristas que costumam dar excelentes prestações.
    É esse o objectivo. Logo que tenha disponibilidade darei a minha modesta contribuição.
    Em relação aos romeiros, só lembro que acabei com o "recordar, também é viver". Está tudo dito.
    Sentinela da Noite

    ResponderEliminar
  5. Caro Sentinela da Noite.
    Não existe qualquer polémica.
    É mínimo desejável e saudável que possamos trocar pontos de vista, em relação a problemas da nossa terra.
    Um abraço

    ResponderEliminar

DESCOBRINDO CASTELO BRANCO ANTIGO – (VI)

  Esta é uma imagem que irá deixar muita gente a coçar a cabeça e a interrogar-se, sobre o local onde este edifício tinha poiso na terra...