domingo, maio 04, 2014

O POMBAL ALBICASTRENSE

SAÍDA LIMPA OU CAUTELAR ?


Aproveitando a saída dos “senhores” que tão (desinteressadamente) nos emprestaram o dinheiro, não podiam os mesmos levar com eles os incompetentes que nos têm desgovernado?
O Albicastrense

4 comentários:

  1. Ainda vamos precisar de décadas para pagar os 738,000,000,000€ (738 mil milhões de euros - escrevi bem?) que amealhámos de dívidas públicas e privadas, por isso porque raio precisaríamos de uma rede de segurança? Já está tudo bem, basta perguntar ao milhão de desempregados.

    Os filhos dos nossos filhos vão pagar isto e até lá podemos já começar a pensar no próximo pedido de ajuda à Troika!

    ResponderEliminar
  2. João, o problema não e pagar, mas antes, como deve ela ser paga.
    Como vamos nós arranjar empregos para o tal milhão de portugueses, quando o dinheiro necessário para tal é, utilizado para pagamento da malvada?
    A solução é e será sempre, negociar a forma de pagamento da dita malvada, para depois ser possível investir na criação de empregos.
    Abraço


    ResponderEliminar
  3. A solução também me parece clara e passar por aí, e assusta-me o governo não estar a ír por aí. Mas o maior problema parece-me ser que fomos cobaias neste plano tresloucado de austeridade, que está a ser implementado como se não houvesse amanhã. Somos um país pequeno e sem poder na Europa e toda a gente sabe que os meninos grandes aproveitam-se sempre dos meninos mais pequenos, no recreio da escola, e tiram-lhes o dinheiro do almoço.

    Ninguém sabe ao certo se este plano de austeridade funciona e, (mesmo que um dia equilibre as economias do país), vão demorar décadas a ser completamente pago. E nada nos impede de repetir esta história na próxima geração (como aliás já aconteceu no passado).

    ResponderEliminar
  4. João, o que acontece é que estes meninos que nunca passaram por grandes sacrifícios, pensão ser donos e senhores de toda a verdade.
    Quando assim é, está tudo dito.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar

UM HOSTEL NA NOSSA ZONA HISTÓRICA

 (A CASA DA D. OLÍVIA)  Muitas foram já as vezes que aqui depositei tristezas sobre a nossa zona histórica, e muitas mais irão suced...