segunda-feira, setembro 14, 2015

ENCICLOPÉDIA - XII

 PÉROLAS DA TERRA ALBICASTRENSE
 (Sessão camarária de 24 de Agosto de 1800)

”Nesta vereação determinaram que nenhuma pessoa de qualquer qualidade que seja desta cidade possa ter mais de três porcos e tendo-os pagará quinhentos réis de condenação por cada hum que mais tiver além dos três e que seja pregoado pelo Porteiro que todo aquela pessoa que os tiver os venda em dez dias que correm do mesmo Pregam bem entendido, que nesta generalidade se não entendem as porcas que estão a criar que poderão criar os que tiveram e finda que seja a criação os venderão da mesma forma, e mais determinarão que todas as pessoas que tiverem fazendas junto a caminhos limpem as suas testadas e rocem as balças que caírem para os mesmos caminhos no termo de quinze dias com a pena de quinhentos réis”.

PS - O texto está postado tal como foi publicado por A. Rodrigues Cardoso no seu trabalho, “Efemérides Municipais”.

O Albicastrense

Sem comentários:

Enviar um comentário

DESCOBRINDO CASTELO BRANCO ANTIGO – (VI)

  Esta é uma imagem que irá deixar muita gente a coçar a cabeça e a interrogar-se, sobre o local onde este edifício tinha poiso na terra...