terça-feira, janeiro 31, 2017

A ANTIGA TASCA DO PONSUL

 UM SÍTIO ONDE MORA A MÁGOA


Quando da publicação do poste sobre as memórias do blogue, poste sobre a antiga Tasca da “Ti Amélia”, alguém deixou uma pergunta no meu facebook: Como está atualmente o local?”.
A pergunta despertou-me o interesse e hoje fui até lá. Confesso que preferia não ter ido, pois o local está uma autêntica calamidade, (como se pode ver nas imagens aqui postadas).
Se a tristeza matasse, este albicastrense não estaria a bater nas teclas do computa neste momento, pois, ao ver o abandono estabelecido por ali, a tristeza apoderou-se de mim e confesso, que algumas lágrimas se soltaram dos meus olhos. 

A antiga tasca está em ruínas, a velha ponte em ruínas está, a estrada que nos leva até lá, parece uma peneira.

Como é possível que não tendo a terra albicastrense um local como aquele para saborear, se dêem ao luxo de desprezar um espaço que bem podia ser uma atracção para os albicastrenses e para quem nos visita?



Responda quem poder e quiser, (pois eu, talvez por ter muitas e boas memórias do local), não consigo perceber o desleixo e a burrice a que
 o local     
foi destinado. 



Albicastrense


1 comentário:

  1. Anónimo16:01

    Belo sítio! Ainda me lembro de (pelo menos), uma bela passagem de ano, neste estabelecimento, em 1985, se não me engano.

    ResponderEliminar

AO PRESIDENTE DA AUTARQUIA ALBICASTRENSE - (II)

Hoje ao passear pela rua Mousinho Magro, dei comigo a olhar para os dois portados que se podem ver na imagem aqui postada e a perguntar ...