sexta-feira, junho 16, 2017

LARGO DO EPÍRITO SANTO


UMA SITUAÇÃO BEM TRISTONHA

O largo do Espírito Santo é sem qualquer dúvida um dos mais bonitos da terra albicastrense, na segunda-feira ao passar por lá, (como ia de maquina fotográfica na mão) alguém me chamou a atenção para uma triste situação que por ali existe. 
Situação que segundo a mesma pessoa, se arrasta e parece não ter fim à vista.
As imagens aqui postadas mostram um prédio cujo telhado ameaça cair a qualquer momento, como precaução, alguém colocou no pequeno pátio frente à casa, uma grade para impedir que as pessoas passem  pela frente do dito cujo.
Até aqui tudo bem! O pior… é que a coisa está assim à imenso tempo, impedindo as pessoas de passar pelo pátio, ou seja, quem por ali pretender passar, tem que descer as escadas antes da grade e subir as escadas seguintes mais à frente.
Ainda segundo a mesma pessoa, um invisual que por ali passava diariamente, tem tido dificuldades em percorrer o local derivado a esta situação.
Perante este deixa andar, só posso rogar ao presidente da autarquia albicastrense, que tome medidas sobre este triste assunto, pois quem por ali passa diariamente não pode ser prejudicado por alguém que parece estar-se borrifando para o estado do telhado.
 O Albicastrense

3 comentários:

  1. Amigo
    Li a notícia alusiva à situação do telhado que ameaça ruir no Largo do Espírito Santo.
    Apraz-me perguntar quem colocou ali as grades que impedem o acesso ao local.Se foram os Serviços responsáveis pelo espaço público apenas há que solicitar urgência à resolução do assunto. Se não foi, quem teria sido? Portanto só se espera que o proprietário do imóvel recupere o que é necessário recuperar e que a entidade pública esteja atenta ao desenrolar do caso. Resta agora saber quanto tempo demorará a resolução do caso. Espera-se que seja tão rápida quanto possível. Os utentes do local certamente assim o desejam.
    JB

    ResponderEliminar
  2. AOS VISITANTES.
    Mais de mil visitantes visitaram este poste através do facebook.
    Vamos lá comentar aqui esta situação. Abraço

    ResponderEliminar
  3. Amigo Joaquim Baptista
    Penso terem sido os serviços responsáveis por este tipo de trabalho da autarquia, a colocarem ali as grades. A precaução das grades é com certeza boa, pois mais vale prevenir que remediar, todavia, não se percebe a demora em resolver este triste caso. Abraço

    ResponderEliminar

A RUA DA MINHA ESCOLA – (IX)

(ESCOLA DO BONFIM)                               O que sabemos nós da rua da nossa escola primária?    (Rua do Bonfim)         ...