domingo, outubro 01, 2017

DESCOBRINDO CASTELO BRANCO ANTIGO – (XI)

Esta imagem vem no seguimento de outras já aqui postadas, ou seja, o local é o mesmo, porém, visto de um ângulo muito diferente. 
A imagem terá sido captada na primeira metade do século XX, curiosamente a casa que podemos ver  à direita da imagem, ainda lá mora.

ONDE FICA ATUALMENTE NA TERRA ALBICASTRENSE, ESTE LOCAL? 

Não será fácil para os mais jovens identificar o local, todavia, para quem tiver a minha idade ou andar por lá próximo, facilmente descobrirá o local.     
                                                      O Albicastrense

2 comentários:

  1. Anónimo08:13

    Em primeiro plano está o início da Rua Pedro da Fonseca, a casa pertence aos herdeiros do meu amigo Américo Marroio e à esquerda está o muro da quinta do Eng, Carrega, lá ao fundo, já no Largo da Santiago, na porta que está aberta era a primitiva tasca do Salsa (pai), que lá se manteve até os edifícios serem demolidos para dar origem à Av. Pedro Alvares Cabral, tendo-se depois transferido para as escadinhas da Devesa, onde se manteve, até o local ser destruído pela passagem do furacão chamado polis que também arrasou o parque da cidade. João

    ResponderEliminar
  2. Caro João.
    Muito bem haja pela lição que aqui deixou sobre esta parte da nossa terra.
    Abraço

    ResponderEliminar

Meeeee, diz a ovelha da esquerda para a outra. Meeeee, responde a outra. Meeeee, replica a primeira. Meeeee, volta a respon...