terça-feira, janeiro 29, 2008

TOPONÍMIA ALBICASTRENSE - (XV)


Esta avenida é a mais recente via da nossa cidade: “A Benjamin”, no entanto, ela será neste momento uma das mais conhecidas dos albicastrenses, em virtude da sua localização. Nela tem actualmente morada a nova coqueluche da cidade: “O Fórum de Castelo Branco”. Para a Benjamin da nossa cidade, decidiu a autarquia albicastrense atribuir o nome de um dos mais ilustres Portugueses dos finais do séc. XIX e primeira metade do séc. XX: “Avenida Professor Doutor Egas Moniz – Prémio Nobel de Medicina”. Em meu entender a escolha não podia ser melhor, (os parabéns à nossa autarquia pela escolha do nome), e uma pergunta para o nosso presidente: Para quando na cidade de Castelo Branco uma rua com o nome do outro Nobel Português?Espero que não estejam à espera da sua morte, para depois colocar o seu nome numa das ruas da cidade de Castelo Branco.
      QUEM FOI
António Caetano de Abreu Freire Egas Moniz
Médico Neurologista Português
1874 – 1955
Nasceu a 29 de Novembro de 1847 em Avança e foi-lhe dado o nome de: António Caetano de Abreu Freire no seio de uma família aristocrata rural, seu tio e padrinho, o padre, Caetano de Pina Resende Abreu Sá Freire, insistiria para que ao apelido fosse adicionado Egas Moniz, em virtude da família, descender em linha directa de Egas Moniz, o aio de Dom Afonso Henriques.
Completou a instrução primária na Escola do Padre José Ramos e o Curso Liceal no Colégio de S. Fiel, dos Jesuítas. Formou-se em Medicina na Universidade de Coimbra, onde começou por ser lente substituto, leccionando anatomia e fisiologia. Em 1911 foi transferido para a recém-criada Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa onde foi ocupar a cátedra de neurologia como professor catedrático.
Jubilou-se em Fevereiro de 1944. Egas Moniz contribuiu decisivamente para o desenvolvimento da medicina ao conseguir pela primeira vez dar visibilidade às artérias do cérebro. A Angiografia Cerebral, que descobriu após longas experiências com raios X, tornou possível localizar neoplasiasaneurismashemorragias e outras mal-formações no cérebro humano e abriu novos caminhos para a cirurgia cerebral. As suas descobertas clínicas foram reconhecidas pelos grandes neurologistas da época, que admiravam a acuidade das suas análises e observações.
Egas Moniz teve também papel activo na vida política. Foi fundador do Partido Republicano Centrista, dissidência do Partido Evolucionista; apoiou o breve regime de Sidónio Pais, durante o qual exerceu as funções de Embaixador de Portugal em Madrid (1917) e Ministro dos Negócios Estrangeiros (1918); viu entretanto o seu partido fundir-se com o Partido Sidonista. Foi ainda um notável escritor e autor de uma notável obra literária, de onde se destacam as obras "A nossa casa" e "Confidências de um investigador científico".
Egas Moniz foi proposto cinco vezes ao Prémio Nobel de Medicina ou Fisiologia 1928, 1933, 1937, 1944 e 1949), as primeiras quatro sem êxito.
Morreu em Lisboa, a 13 de Dezembro de 1955

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O Albicastrense

6 comentários:

  1. Anónimo15:49

    NÂO FOI A AUTARQUIA QUE SE LEMBROU DO NOME DO NOBEL EGAS MONIZ. NEM IMGINA QUEM FOI.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo15:50

    Quem foi?Quem foi?
    Já que investiga tanto...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo15:51

    Pergunte lá ao Sr. Presidente pois apesar dos seus problemas de saúde não deve ter a memória curta...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo11:30

    Só a titulo de curiosidade, refiro que Egas Moniz para além de ter estudado no colégio de S. Fiel, também tinha ascendentes em Penamacor, nomeadamente através de sua avó paterna Brites de Pina Botelho, nascida na freguesia de S. Tiago. Já o seu pai tinha nascido em Idanha-a-Nova.

    ResponderEliminar
  5. Caro anónimo.
    Bem-haja pela sua informação, o trabalho fica assim mais completo graças à sua colaboração.

    O Albicastrense

    ResponderEliminar

A RUA DA MINHA ESCOLA – (IX)

(ESCOLA DO BONFIM)                               O que sabemos nós da rua da nossa escola primária?    (Rua do Bonfim)         ...