domingo, setembro 05, 2010

CINCO ANOS DEPOIS...

5 de Setembro de 2005 - 5 de Setembro de 2010

Cinco anos depois, ainda por aqui tenho residência! Confesso que no início, pensei que esta aventura depressa passaria à história. No entanto, passados todos estes anos, ainda por aqui tenho sítio. Sítio que irei continuar a habitar, até que o velho computa rebente, que a cabo-visão me corte a Internet (pois ela não é de borla), ou que a falta de paciência para continuar a rumar contra moinhos de vento, que rolam sempre a favor de quem comanda, me faça desistir.

Um grande abraço para todos aqueles que se habituaram a visitar-me.

O albicastrense

13 comentários:

  1. Anónimo19:07

    Para já parabens e um abraço por todos aqueles resistem aos que se servem da democracia para dela darem cabo
    robin dos bosques

    ResponderEliminar
  2. Nesta cidade há uma oligarquia que teima em destruir o que há de bom, e depois há aquelas pessoas que pelos meios possiveis, gostam de vaorizar a sua cidade, e de vez em quando, alertar para os problemas de todos.
    Esperamos muitos mais aos com este espírito!
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13:14

    Parabéns pelos cinco anos de informação sobre a cidade

    ResponderEliminar
  4. Anónimo14:17

    Parabéns Verissimo. Manter um blog não é empreitada fácil.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo16:40

    Este blog já faz parte dos meus favoritos há muito tempo e é uma das minhas visitas diárias. Os meus parabéns ao blog e a quem o mantém vivo e, já agora, um obrigado por toda a dedicação e trabalho em prol da cidade de Castelo Branco.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo02:39

    fala-se por aí que alguém anda a fazer censura surripiando jornais nos postos de distribuição.
    sabe alguma coisa?
    Olho Vivo

    ResponderEliminar
  7. Caro Olho Vivo.
    Está a dizer-nos que alguém anda a surripiar os exemplares do Povo da Beira, dos postos de distribuição?
    Custa a crer no que me diz, no entanto já nada me surpreende.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  8. Anónimo12:46

    Embora atrasados, os meus parabéns por mais um aniversário. A blogosfera é sempre melhor quando põe os cidadãos a participar. É o que o albicastrense faz. Põe os albicastrenses a dar a sua opinião sobre Castelo Branco. É fundamental para uma cidade mais viva, mais democrática e virada para o futuro.
    Um abraço

    Menos do mesmo

    ResponderEliminar
  9. Viriato03:09

    Quanto aos jornais, custa a crer, mas é verdade. Há pessoas capazes de tudo. Evitar a divulgação era o objectivo. Há prá aí um mês que se fala disso. Sem muitos detalhes, andaram a levá-los às macheias. Até se sabe quem andou a sacá-los. A mando de? Um doce.
    Fico-me por aqui...
    Viriato

    ResponderEliminar
  10. António
    de vez em quando dou uma olhada no teu blogue e gosto. Daí que te envie toda a aforça para que não desistas.
    Agora, duas perguntas:
    1 - Sendo tu Escorpião, em que dia nasceste e onde?
    2 - O que fazes profissionalmente?

    Um abraço
    António Veríssimo, Mira

    ResponderEliminar
  11. Caro. homônimo
    É costume dizer-se que a curiosidade matou um rato!..
    Porém, pelo que percebi do seu nome, parece-me que a sua curiosidade tem a ver como nome que ambos temos em comum.
    Por isso! Aqui vai a resposta..
    Nasci a 10 de Novembro em Castelo Branco.
    Actualmente estou aposentado da Função Publica.
    Posso acrescentar que o nome de Veríssimo vem da minha mãe, que era natural do Fundão.
    Agora que respondi às suas perguntas e como me deixou com a pulga atrás da orelha, responda-me também a uma:
    E o porque das perguntas tem a ver com o nome?
    Um abraço

    ResponderEliminar
  12. Caro António, muitos parabéns, atrasadíssimos, mas ainda a tempo de escrever que a blogosfera de Castelo Branco sem o teu blogue era quase nada.
    Um abraço,
    CS

    ResponderEliminar
  13. o meu também vem da minha mãe, natural de Condeixa, no distrito de Coimbra. Nasci a 15 de Novembro, vivo em Mira e sou jornalista.
    abraço

    ResponderEliminar

AO PRESIDENTE DA AUTARQUIA ALBICASTRENSE - (II)

Hoje ao passear pela rua Mousinho Magro, dei comigo a olhar para os dois portados que se podem ver na imagem aqui postada e a perguntar ...