terça-feira, outubro 02, 2007

Obras na minha cidade

A Praça

A cidade de Castelo Branco está hoje um autêntico vendaval de obras, umas anunciadas para breve (Av. 1º de Maio), outras a começar (Conservatório Regional), outras a terminar (antigo edifício dos CTT) e outras a arrastar-se não se sabendo até quando !
Qual o critério que a nossa autarquia encontrou para movimentar toda esta embrulhada é que eu gostaria de compreender...
Para exemplificar esta minha perplexidade, dava aqui um exemplo;
As obras de remodelação do Mercado Municipal custaram 2.500.000 Euros,1300.000 Euros saíram dos cofres da Câmara Municipal e 1220.000 da comunidade europeia, passado todo este tempo a obra ainda não está terminada. A sensação com que fico após o anúncio de mais obras na nossa cidade, é de que na grande casa Autárquica cá do burgo alguém anda desorientado.
Então começam-se todas estas obras e deixam arrastar outras que à muito deveriam estar terminadas
?
A remodelação da praça tem ainda outro pormenor completamente incompreensível para este albicastrense. Além das obras não terem ainda finalizado, constato hoje que a galeria comercial existente no primeiro andar da referida praça é uma autêntica treta.
Para este espaço, estava programada a abertura duma área comercial dedicada ao artesanato local (?) e a abertura dum grande Restaurante. Das quinze lojas ali construídas, apenas nove estão ocupadas e mesmo essas nem sempre estão abertas porque os respectivos ocupantes têm outros estabelecimentos conforme se pode ver no panfleto informativo afixado nas portas das lojas, (sabia senhor Presidente?).
Dizer-se que o referido espaço é dedicado ao artesanato é de muito mau gosto, pois apenas em três ou quatro lojas isso acontece, o resto não passa de xisbec importado (Made in China), proponho desde já o baptismo deste espaço para "Galerias da treta"...
Quanto à abertura do restaurante nem vê-lo, será que meteu férias grandes?
Terminava sugerindo ao nosso presidente o seguinte;
Não teria mais lógica terminar primeiro esta obra, assim como o embelezamento da área envolvente da nova biblioteca, (que está um mete nojo), antes de avançar com novas obras?
As obras em curso na nossa cidade são importantes, mas terminar aquilo que começamos antes, parece-me de bom senso no mínimo!

O Albicastrense

11 comentários:

  1. Anónimo19:55

    treta e bem treta a única loja de artesanato é a dos bordados de castelo branco.

    ResponderEliminar
  2. coitado, passa a vida a escrever mal dos outros o senhor deve ter algum problema.sera que nao encontra mais nada para dizer.quando fala mal dos outros devia saber o porque das coisas.
    se me quizer pagar as dividas eu hoje mesmo mudo logo para a praça.ja agora visite as loja do chines para ver melhor,acho que precisa.a dor de cotovelo é muito dolorosa. quero ver se tem coragem de publicar este comentario.rosacravo

    ResponderEliminar
  3. Anónimo19:33

    Realmente criticar é fácil, mas fazer é bem mais complicado. Isto porque o senhor deve ser de um partido bem diferente do que aquele que está na Cãmara. As palavras são as mesmas e só sabem criticar , como já não lá estivessem estado. E já agora visto que o senhor parece perceber mais do assunto do que o Sr.Presidente Joaquim Morão porque não se candidata,a presidente ,pois adorava ver o que o Sr. faria no lugar dele. Já que está mal mude-se de cidade ,pois ninguém o obriga a viver cá. Sempre ouvi dizer que quem está mal muda-se.

    Ana

    ResponderEliminar
  4. Cara Rosa Cravo.

    O seu segundo comentário é tão delicioso, que decidi abrir uma excepção, e responder-lhe independentemente de não costumar retorquir a este tipo de comentários.

    O seu primeiro comentário:

    ROSA CRAVO disse...
    Coitado… passa a vida a escrever mal dos outros o senhor deve ter algum problema. Será que não encontra mais nada para dizer.
    Quando fala mal dos outros devia saber o porque das coisas.
    Se me quiser pagar as dívidas eu hoje mesmo mudo logo para a praça.
    Já agora visite as lojas do chinês para ver melhor, acho que precisa.
    A dor de cotovelo é muito dolorosa.
    Quero ver se tem coragem de publicar este comentário. “Rosa cravo”

    Publiquei a resposta a este comentário em poste errado, por não conseguir localizar o poste onde você colocou o seu comentário, (pois o post em causa, era de Outubro de 2007) mas que a Carla só agora descobriu.
    A resposta que lhe dei foi escrita no post: Casas da minha cidade - Uma Velha Casa.

    Se não a leu, pode lê-la agora.

    Cara; Carla Cravo.
    Claro que não afixo o seu comentário!
    SABE PORQUÊ!?
    Pelo simples facto da estupidez ter limites, e este não ser o programa da
    má-língua.
    De qualquer maneira bem-haja pelo mesmo…
    Ps. Se quiser fundamentar as críticas que me faz, só tem que as trocar por miúdos e terei muito gosto em responder-lhe.

    Entretanto você resolve brindar-me com um segundo comentário:

    Anónimo disse… (Ou será, Carla? Disse….)
    Realmente criticar é fácil, mas fazer é bem mais complicado.
    Isto porque o senhor deve ser de um partido bem diferente do que aquele que está na Câmara.
    As palavras são as mesmas e só sabem criticar, como já não lá estivessem estado.
    E já agora visto que o senhor parece perceber mais do assunto do que o Sr. Presidente Joaquim Morão porque não se candidata, a presidente, pois adorava ver o que o Sr. faria no lugar dele.
    Já que está mal mude-se de cidade, pois ninguém o obriga a viver cá.
    Sempre ouvi dizer que quem está mal muda-se.

    Amiga Carla, em primeiro lugar devo dizer-lhe que em eleições autárquicas não tenho partido politico… sabe porquê?
    Porque nas eleições para a nossa autarquia, eu voto no homem que me dá confiança para gerir a nossa cidade, não no partido A ou B, independentemente de eu ser ou não simpatizante do partido desse candidato, (e já agora que ninguém nos lê, posso dizer-lhe que embora eu esteja próximo do Bloco de Esquerda, votei em Joaquim Morão nas ultimas eleições).

    Diz a Carla que só sei criticar…
    Amiga Carla parece-me que só está a ver parte do filme…Proponho-lhe uma leitura mais atenta a este blog, (não se fique só pela leitura do post, que não gostou e lhe diz respeito) e verá que muitas vezes aplaudi aqui “O Senhor Presidente”.
    E mesmo que assim fosse… este é um direito que me assiste como albicastrense que votou nele e quer o melhor para a sua cidade.

    Por fim a Carla diz; Já que está mal mude-se de cidade!?

    Carla vou contar-lhe um segredo!?
    A minha família vive nesta cidade há mais de 400 anos, durante esses 400 anos esta família gerou centenas e centenas de albicastrenses, que de uma ou outra maneira contribuíram para o desenvolvimento de Castelo Branco.
    Este albicastrense que já tem descendentes, espera que eles possam continuar a criticar sempre que seja necessário este presidente, o próximo presidente e muitos e muitos outros presidentes da nossa autarquia.
    Para terminar recomendo-lhe uma leitura mais atenta deste blog e respeitosos cumprimentos.
    O Albicastrense

    ResponderEliminar
  5. Anónimo13:50

    A D.Rosa é completamente estúpida ou faz se dê menos com a lingua nos dentes não diga tanta asneira eu se fosse o presidente da camara não lhe dava autorização para ter essa loja visto já ter outra.a sr. é que se deve mudar.xina

    ResponderEliminar
  6. Anónimo13:57

    E mais as únicas lojas que se enquadram ai são as dos bordados loja da Manuela Serra e Alma das gentes de Comservação e Restauro.xina

    ResponderEliminar
  7. Anónimo18:30

    Para se criticar alguem ou alguma coisa, é preciso conhecer o que se critica, para se criticar artesanato, é preciso saber o que é artesanato e como se faz.
    Tomára voces que criticam a D. Rosa Cravo saberem uma décima do que sabe a D. Rosa sobre artesanato, ou terem as mãos de ouro que ela tem, para fazer os trabalhos que ela faz.
    Se são artigos do chines? Tenho a certeza que não, e meto as minhas mãos no fogo, que se vocês, se dirigirem a esta loja vejam em algum produto "made in china", digo isto porque sei como se faz e como a D. Rosa trabalha, tenho provas disso.
    Sr. António Veríssimo, muitos parabéns pelo seu blog, a nossa cidade precisa de pessoas que critiquem o bem e o mal que por cá se passa, só tenho uma pequena critica, quando se fala de algo é preciso conhecer na totalidade sobre o que se fala, porque para se criticar é preciso saber sobre o que se diz, para não originar conflitos, precisa de um pouco mais de investigação, e recolha de dados.
    E a quem fez o comentário anterior tenha coragem e revele-se, quando se ofende as pessoas é preciso dizermos na cara delas(cobarde), e desculpe-me mas você não percebe mesmo nada de artesanato.
    Obrigado Sr. António Veríssimo

    assinado: Marco Ribeiro

    ResponderEliminar
  8. Caro Marco Ribeiro.

    Antes de mais, bem-haja pelas suas palavras sobre este blog.

    O Marco diz o seguinte; “É preciso conhecer na totalidade sobre o que se fala, porque para se criticar é preciso saber sobre o que se diz, para não originar conflitos”.

    Conflitos por dizer que um espaço que foi pago por todos nós, e que deveria ser utilizado para exposição e venda de artesanato local… estava a ser utilizado, (em alguns casos) em Outubro de 2007, para se vender artesanato que nada tinha a ver com o da nossa cidade, ou por artesanato da nossa cidade, mas de baixa qualidade?
    Quanto a conhecer bem aquilo de que falamos, ou escrevemos, estou em total acordo consigo.
    Deixe que lhe diga o seguinte; durante trinta anos trabalhei na instituição da nossa cidade que melhor faz o bordado de Castelo Branco, estando portanto à vontade para falar sobre o nosso bordado, ou sobre a pouca qualidade de algum, que por vezes tenho a infelicidade de ver à venda na nossa cidade.
    Caro Marco, se retirar-mos ao artesanato albicastrense o Bordado de Castelo Branco, o resto é paisagem, por isso e só por isso, é que defendo que o espaço em causa, deveria ser na sua totalidade utilizado em beneficio do nosso bordado, e não utilizado em artesanato doutros locais ou doutros países.
    Aproveito para lhe dizer, que nada tenho contra quem está no primeiro andar da praça, estou é contra quem decidiu a entrega das lojas sem regulamentar muito bem a utilização do referido espaço.

    Quanto ao comentário anterior, deixe que lhe diga que o termo que utilizado por si, é demasiado exagerado e desnecessário, pois a pessoa em causa apenas disse que a maior parte do artesanato ali exposto é de fraca qualidade.

    Será mentira!!! Ou verdade…
    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. Anónimo22:39

    fica o senhor a saber que eu nao escrevi o comentario a seguir ao meu eu quando escrevo gosto de assinar.o{a} cobardola que escreveu a seguir é que é estupido{a}.
    e muito facil chamar de nome pelas costas. ja que sabe tanto de mim porque nao vem ao pe de mim para eu lhe dizer quem é estupida.e quanto ao dono deste blog gostava de dizer, a partir de agora tem menos um fã.
    rosa cravo

    ResponderEliminar
  10. Anónimo13:30

    CARO SR VERISSINO.
    A MENSAGEM QUE LHE ENVIARAM COM O NOME ANA FUI EU QUE LHE ENVIEI.
    EU SOU A FILHA DA D. ROSA E ACHO MUITO INJUSTO O QUE O SR DIZ DOS TRABALHOS DELA.
    SÓ TENHO UMA PERGUNTA A FAZER-LHE: JÁ VIU OS TRABALHOS QUE ELA FAZ? SE NÃO VIU ACONSELHO A VER.
    A PESSOA QUE LHE CHAMA ESTÚPIDA MUITO CUIDADO COM O QUE DIZ ,POIS MAIS ESTUPIDA É ELA E COMO NÃO TEM CORAGEM DE DIZER O NOME É PORQUE DEVE SER COBARDE OU PORQUE DEVE TER MEDO DE ALGUMA COISA. E SR VERISSIMO CUIDADO COM O QUE AQUI SE PUBLICA, POIS PODE ACONTECER ALGUMA COISA.

    ResponderEliminar
  11. Cara Ana.

    Bem-haja pelo aviso de que me pode acontecer alguma coisa, pois assim já sabemos de onde vem.

    Quanto ao resto nada mais tenho a acrescentar.
    A partir de hoje este poste está encerrado, para mais comentários sobre este assunto.

    ResponderEliminar

AO PRESIDENTE DA AUTARQUIA ALBICASTRENSE - (II)

Hoje ao passear pela rua Mousinho Magro, dei comigo a olhar para os dois portados que se podem ver na imagem aqui postada e a perguntar ...