domingo, junho 01, 2008

A NOSSA HISTÓRIA - (VIII)


     A TERRA ALBICASTRENSE ATRAVÉS DOS TEMPOS 

No dia 1 de Junho de 1930, (faz hoje 78 anos) a população do distrito de Castelo Branco era de 265.573 habitantes. 80,4 Por cento eram analfabetos e (sabiam ler 33.753 homens e 11.858 mulheres). 
A população residente na cidade de Castelo Branco era de 10.355 habitantes. Havia 30 fábricas no Concelho de Castelo Branco, oito das quais eram de transformação de cortiça. Havia 84 lagares de azeite. 
O movimento de passageiros na estação da CP de Castelo Branco era de 149.572 (já na época era o maior da Beira Baixa). O salário agrícola médio era de 6$70. 
O quilo de batatas custava $50. Um litro de azeito custava 6$00. Um litro de vinho custava 1$10. O carvão era vendido a $50 o quilo o milho a $93 o litro. O arroz 2$50 o litro. O pão de trigo a 2$10 o quilo; o pão centeio a 1$50 o quilo.
Bons preços estes meus amigos!!! O mesmo não poderei dizer desses tempos.

PS. A recolha dos dados históricos é de José Dias.
A compilação é de Gil Reis e foram publicados no Jornal ”A Reconquista”

O Albicastrense

3 comentários:

  1. Anónimo22:54

    E QUANTO É QUE GANHAVA O MORÃO DA ATURA?

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:02

    http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1328443&idCanal=59

    ResponderEliminar
  3. Anónimo18:06

    big brother is watching you

    ResponderEliminar

A RUA DA MINHA ESCOLA – (IX)

(ESCOLA DO BONFIM)                               O que sabemos nós da rua da nossa escola primária?    (Rua do Bonfim)         ...