domingo, junho 01, 2008

Obras na nossa cidade

O NOSSO CASTELO E MIRADOURO

As obras no nosso Castelo e Miradouro vão finalmente arrancar, porém segundo parece, (desta vez), as coisas vão fazer-se como mandam as boas regras.
Antes de as obras começarem foi contratada uma empresa, (Novarquelogia), de Alcanena, para fazer uma prospecção arqueológica nestas zonas.
Estive no castelo e miradouro e fiquei maravilhado com o que por ali vi.
Os vestígios arqueológicos que estão aparecer são mais do que muitos, como muito bem diriam os meus antepassados, que por aqueles lados moraram entre o século dezassete a segunda metade do século vinte.
Aos responsáveis da nossa autarquia pede-se bom senso e responsabilidade na resolução destes achados, pois é sempre possível a convivência destes vestígios arqueológicos, (que fazem parte da nossa historia enquanto povo), com a recuperação de toda aquela zona histórica da nossa cidade.
Aos albicastrenses só posso dizer; temos na nossa autarquia um homem corajoso em quem votei, e “provavelmente voltarei” a votar.
Mas por vezes é necessário estar atento ao nosso passado, e não deixar que em nome de um qualquer progresso mediático, se possa passar por cima da nossa história e enterrar todo o nosso passado.


PS – Aqui ficam algumas fotos tiradas nesses locais
.

O Albicastrense

43 comentários:

  1. Anónimo18:01

    Muitos Parabéns!
    A tua cidade está repleta de vestígios arqueológicos qualquer dia é elevada a Património Mundial.
    Estás feito num arqueólogo, falta – te é o canudo…

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:11

    E o Anónimo tem "canudo" de Bambo ou de bambolina?

    ResponderEliminar
  3. Anónimo20:21

    Serão estes vestígios parte do antigo Palácio dos Alcaides de Castelo Branco, que se encontrava precisamente naquele local?

    Carlos Boavida

    ResponderEliminar
  4. As fotografias são referentes às escavações da zona do miradouro.

    Ao lado da capela de Santa Maria estão aparecer uns muros, que podem perfeitamente ser do antigo Palácio dos Alcaides de Castelo Branco,
    ou da primitiva capela de Santa Maria.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo22:58

    O Dr. Vila Franca também era muito mediático e corajoso. Fez muita obra. E depois?

    ResponderEliminar
  6. Anónimo23:02

    Aos albicastrenses só posso dizer; temos na nossa autarquia um homem corajoso em quem votei, e “provavelmente voltarei” a votar.
    ANDA COM MEDO?
    O QUE È QUE ISTO TEM A VER COM A NOSSA HISTÓRIA?
    NÂO CONFUNDA!

    MAIS UM REFORMADO

    http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1328443&idCanal=59

    ResponderEliminar
  7. Obrigado Veríssimo por mais estas fotografias!
    Servem para combater a ideia de que a nossa cidade é uma cidade sem História, promovida por uma certa corrente de "engenharia historiográfica".

    Pois "uma vez na Internet, sempre na Internet"...

    Está na hora de "rolarem cabeças" de alguns eleitos locais [aproveitando o aproximar das eleições locais], no executivo e nas oposições, bem como alguns nomeados em algumas comissões e institutos (falo das tutelas nesta área, como é óbvio), por fim a caça ao subsídio e ao tacho não pode justificar o silêncio do movimento associativo da área do património e da ecologia.
    Os eleitos não passam de representantes de quem os elegeu, a soberania não está nos eleitos, está na nação, em que elege, não em quem é eleito.
    Os cidadãos, os eleitores albicastrenses, pela via de uma PETIÇÃO, se não houver outra forma, devem exigir que a Assembleia Municipal de Castelo Branco se pronuncie sobre a destruição do nosso Património.

    BASTA de destruição do património da nossa cidade!

    Lutarei, com armas que tenho, nos vários "fóruns" que integro pelo debate do problema e pela defesa de que se passe à acção JÁ!

    P.S.
    Tem feito mais o autor do Albicastrense e autor de Por Terras do Rei Wamba, sem canudos do que muitos supostos profissionais, com canudo, que escondem (viram o pano preto...), destroíem ou simplesmente se remetem a um silêncio cúmplice.

    ResponderEliminar
  8. ... e jornalistas terão de provar que não estão COMPRADOS!

    Se for necessário será o "Tertuliando - Fanzine da Casa Comum das Tertúlias", a dar o exemplo.
    Tal como aconteceu no caso da Ponte Romana de Segura, em que fomos a única publicação impressa a publicar fotos actuais e não de arquivo, sobre a obras ruinosas que a ponte sofreu.

    P.S.
    A cobertura noticiosa do caso está estudada e será divulgada em breve.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo11:37

    Tão opinoso! Sempre tão opinoso Luís até ficar sem nenhum pio.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo16:24

    até se mordem a defender o D.Alcaide
    por aí há muitos netos de salazar

    a governarem-nos ou a governarem-se
    fazem toda a merd.... possivel com o dinheiro do povo
    se fosse deles até aceitava.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo16:28

    e no museu do gargaleiro
    foi encontrado algum vestigio ?

    estou em crer que sim

    um tacho hó bambino
    um poeta

    ResponderEliminar
  12. Anónimo16:55

    onde anda o terrível Bambo arqueólogo?

    ResponderEliminar
  13. Anónimo21:56

    Este Luís é um frustado...

    Hé! Hé !

    ResponderEliminar
  14. Anónimo01:03

    Esta cidade tem imensos vestígios arqueológicos, sim senhor! E que história maravilhosa! Deve estar cheio de turistas! Já a património mundial! Os 2 hóteis ainda não estão cheios?! Que estranho...

    O problema desta cidade não é de quem procura os vestígios arqueológicos inexistentes, mas sim do seu povo, sempre miserável e respeitador, sempre pequenino e interesseiro, sempre subserviente aos alcaides, aos presidentes de câmara e outros caciques, e que deixou que se destruísse toda uma cidade, com prédios, avenidas, edifício da PT, centros históricos arruinados, centros cívicos irreconhecíveis, placas de granito, centros comerciais, arrabaldes ilegais e destruição maciça de património. A cidade é triste porque o povo é triste, a terra é mesquinha porque o seu povo se deixou amesquinhar. Não culpem agora quem procura achados e nada encontra. Olhem antes para cima, onde um presidente da câmara ignóbil continua a magnífica obra destrutiva dos seus inúmeros antecessores. E em prol de quem? De vós, munícipes?!...

    Zé de Ródão

    ResponderEliminar
  15. Anónimo01:04

    Nunca passa em branco a oportunidade de lamber o traseiro ao sr. edil, pois não?

    ResponderEliminar
  16. Anónimo08:25

    há leões
    ou tigres de papel
    se mordem por interesses que são conduzidos ora manipulados pelos pseudo-poderosos homens do avental


    um poeta

    ResponderEliminar
  17. Anónimo08:27

    viva o el panchito

    ResponderEliminar
  18. Anónimo10:07

    viva o Sporting

    ResponderEliminar
  19. Anónimo10:08

    viva o Binfica e Castelo branco

    ResponderEliminar
  20. Anónimo10:19

    Viva o Zé do Rodão

    ResponderEliminar
  21. Anónimo10:20

    ´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´

    ResponderEliminar
  22. Anónimo12:44

    um blog fantástico, com opiniões pessoas, é certo, mas é isso mesmo que um blog é. Podemos manifestar comunhão opinitava ou uma oposição sensata, mas a falta de cultura, por parte dos que tão doutos se julgam, é incompreensível... será caso para dizer que a frustração e a inveja pairam no ar? Não me digam que são exilados da mesquinhez da covilhã!? Se querem criticar o blog tenho um conselho para vós: criem o vosso. Talvez assim vislumbrassem o caminho para uma felicidade, que mesmo efémera, seria sempre mais sã que a frustração em vós penetrada tão fortemente demonstrada.
    Um abraço,

    o novo político

    ResponderEliminar
  23. Anónimo15:13

    o novo político com velhos vícios...

    ResponderEliminar
  24. Anónimo17:41

    A bambolina ex pimpina anda com inveja1 Atenção pessoal.

    ResponderEliminar
  25. Anónimo18:05

    Acabou-se a brincadeira da menina e dos meninos, do poeta e do lírico, dos Tiagos e dos Luíses, dos canudos e das canudas.

    big brother is watching you

    ResponderEliminar
  26. Anónimo18:06

    big brother is watching you

    ResponderEliminar
  27. Anónimo19:13

    Veríssimo, um conselho:
    A bem da cultura, modera os pseudo-comentários!
    Apaga o que não interessa!
    Obrigado

    ResponderEliminar
  28. Anónimo08:46

    viva a censura
    deve ser o funcionário de d.alcaide
    quer esconder as causa da coisa
    ó coiso assim não
    o tempo está a mudar
    tás nervoso

    um poeta

    ResponderEliminar
  29. Anónimo17:11

    Verissimo, com isto chegas ao fim?

    ResponderEliminar
  30. Anónimo08:58

    pede a deus
    que nao critiquem teu patrão

    ResponderEliminar
  31. Anónimo11:14

    Este anónimo das 8 e 58m é ateu?

    ResponderEliminar
  32. Anónimo16:45

    PEDE AO ATEU
    QUE TE SALVE
    E CASTELO BRANCO
    DE TANTO
    MARTIRIO
    AO ANÓNIMO DAS 11:14

    ResponderEliminar
  33. Caros “amigos”.

    Tive de me ausentar alguns dias da nossa cidade em virtude de um familiar meu ter adoecido.
    Deixem-me que vos diga… fiquei boquiaberto com alguns comentários aqui deixados, (não todos felizmente).
    Este blog, pretende ser um local de discussão sobre a nossa cidade, e não um local de “peixeiradas”.
    Parece-me, que alguns dos visitantes deste blog, confundem a liberdade de poderem comentar livremente os assuntos aqui escritos, com a “liberdade do vale tudo”.

    Poder comentar, é poder dizer aquilo que se pensa de uma forma livre mas responsável….
    Poder comentar, é poder trocar pontos de vista com quem não concordamos, mas respeitamos…
    Poder comentar, é trocar ideias de forma a ser possível avançar com novas soluções…

    Poder comentar… não é insultar este ou aquele.
    Poder comentar… não é chamar pide, Bambo ou alcaide.

    Para terminar diria…. Que poder comentar é acima de tudo um dever de cidadania, que todos nós deveríamos assumir mas ainda mais respeitar, pois se assim não fôr mais vale ficar calado.

    A partir de hoje, determinados tipos de comentários, são imediatamente excluídos.
    A partir de amanhã o meu comportamento fica dependente do vosso.
    O Albicastrense

    ResponderEliminar
  34. Anónimo19:19

    PARABENS
    GANHOU
    NEM MAIS UMA PALAVRA

    ResponderEliminar
  35. Caro anónimo.
    Não ganhei nem perdi, apenas peço bom senso por parte de quem visita este sitio.
    É costume dizer-se que as visitas têm sempre razão.... até pode ser que assim seja, porém um certo tempero nunca vez mal a ninguém.
    O Albicastrense

    ResponderEliminar
  36. Anónimo12:45

    QUANTO DISSE QUE GANHOU
    NÃO REFERIA AO SENHOR VERISSIMO
    MAS SIM AOS APANIGUADOS DO SISTEMA
    PONTO FINAL

    ResponderEliminar
  37. Anónimo11:24

    Pouca vergonha

    Isto é uma pouca vergonha

    O. Sr. presidente Joauim Morão Lopes Dias Sá merece mais respeitinho

    O albicaidanhense
    um híbrido entre deserto e pré-deserto mental

    ResponderEliminar
  38. Anónimo09:01

    tas a falar de monsanto ???

    ResponderEliminar

AO PRESIDENTE DA AUTARQUIA ALBICASTRENSE - (II)

Hoje ao passear pela rua Mousinho Magro, dei comigo a olhar para os dois portados que se podem ver na imagem aqui postada e a perguntar ...