domingo, novembro 06, 2011

ASSEMBLEIA DE CASTELO BRANCO


IMAGENS DO MEU DESALENTO
Ao passar à porta da velha casa que deu guarida à Assembleia de Castelo Branco durante muitos e muitos anos, reparei que alguém rebentou com uma das almofadas da porta.
Como sou um pouco curioso, espreitei pelo buraco feito na porta e vi o pobre espetáculo, que as fotografias ilustram este poste mostram, como trago quase sempre comigo uma pequena máquina fotográfica, aproveitei para captar as imagens que aqui postei.
É costume dizer-se: “O que os olhos não vêem, o coração não sente”, pois, tal é bem verdade! Ao ver o triste espetáculo que as fotografias nos mostram, confesso que fiquei um tanto ou quanto abalado, uma coisa é ler-mos ou ouvirmos que os albicastrenses deixaram morrer a velha Assembleia de Castelo Branco, outra é ver-mos no local os poucos haveres que ela tinha, à espera de irem para o caixote do lixo.
Muito já se falou e escreveu, sobre esta velhinha colectividade da minha terra, (a segunda mais velha do pais), contudo, nada se fez para a ajudar a sair do buraco que alguns, que se dizem albicastrenses, a deixaram afundar.
Não vou aqui culpar quem quer que seja pelo triste fim da velhinha Assembleia de Castelo Branco, pois as culpas nunca são de um indivíduo em particular, mas antes de um conjunto de indivíduos, porém, sempre posso desabafar e gritar bem alto!

ONDE ESTÃO OS ALBICASTRENSES QUANDO AS COLECTIVIDADES DA SUA TERRA, NECESSITAM DELES!?
Depois do desabafo, só me resta mesmo perguntar: Será que numa outra terra, os seus habitantes ficariam serenamente (na bancada) a assistir ao afundamento de uma colectividade com mais de cento e cinquenta anos, sem mexer palha?
Responda quem quiser ou souber, pois este albicastrense começa a ficar sem palavras (se é que alguma vez as conseguiu ter) para este deixa andar, ou quanto pior melhor.
O Albicastrense

5 comentários:

  1. Pronto , eu satisfaço-lhe já a curiosidade ...,respondendo ---em Idanha-a-Nova . Também aqui a Assembleia , como colectividade ,foi ao ar, pois estava comutada com os ricos e poderosos da terra : Só eles a podiam frequentar!! ....Mas , o edifício está bem conservadinho , estando nele a funcionar serviços da Segurança Social . No entanto a mim , não é a Assembleia que me preocupa ,é o CLUB !Àcerca dele é que eu pergunto : onde é que estão os idanhenses ? Envelhecidos e os mais jovens , que não são muitos , têm outros interesses.
    Assim , vamos desandando ...
    Quina

    ResponderEliminar
  2. Amiga Idanhense sonhadora.

    Curiosamente também esta colectividade, foi constituída pelas média e alta da burguesia albicastrense.
    Durante muitos e muitos anos, ali se reunião as famílias mais abastadas da cidade, para conviver e assistir a recitas e bailes, coisas que na altura eram um grande acontecimento na cidade.
    Com o 25 de abril tudo mudou, a colectividade começou a ser dirigida e frequentado por gente de esquerda, e tornou-se um local complemente diferente.
    Infelizmente com o passar do tempo, o entusiasmo inicial foi-se e hoje está na situação que está.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Tenho a vaga ideia de ter jogado xadrez nesta assembleia quando era criança, mas não tenho a certeza... De qualquer forma a recordação parece estar em melhor estado que este edifício.


    Como é possível que um edifício com esta localização seja ignorado pela nossa autarquia? A crise não explica tudo.

    ResponderEliminar
  4. João.
    Ainda bem que a recordação está em melhor estado, que o velho edifício da assembleia!
    Pois só assim, será possível transmitir para os dias de amanhã, os bons momentos que ali passamos.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Carlos Serrasqueiro03:58

    A Central Nuclear de Almaraz que está a +/- 100 Kms de Castelo Branco, está velha, não tem sido suficientemente inspeccionada e já teve alguns "acidentes". Se houver um desastre nesta mesma estação com maior impacto que os anteriores, as populações de Castelo Branco, Portalegre e Abrantes terão que ser evacuadas!
    No ano de 2008, esta mesma Central Nuclear, libertou 30.000 Litros de Àgua Radioactiva no Rio Tejo! Que mais terá sido feito que nos escapou? Há já quem avance, que os crescentes casos de Leucemia na região, têm a ver com esta Central Nuclear de Almaraz.
    Enquanto a censura permitir, poderão ver o seguinte vídeo, que até já está cortado... Portanto, vejam antes que desapareça! http://youtu.be/szOyPQx2mJI

    ResponderEliminar

A RUA DA MINHA ESCOLA – (VII)

        (ESCOLA DA SENHORA DA PIEDADE)                          O que sabemos nós da rua da nossa escola primária? João Evangelista...