terça-feira, novembro 29, 2011

TRISTEZAS DE UMA CIDADE




RUÍNAS DA VELHA GARAGEM DA BEIRA
A palavra “ruína” tem segundo a Wiklipédia Livre, o seguinte significado: “Ruína, do latim ruina, com o significado de ruir, cair, arquitetonicamente é o termo que descreve o resto, destroço ou vestígio de uma estrutura. Muitas civilizações deixaram suas ruínas como único vestígio; outras, como marca mais forte de sua arquitetura. Isto se aplica às famosas ruínas gregas, às construções em Angkor e às ruínas maias. Figurativamente pode designar decadência, degradação ou perda de crédito financeiro”.
Perante o que nos diz a Wikipédia Livre, este albicastrense só pode mesmo pro-pôr aos responsáveis pela autarquia da sua terra, que comecem desde já a preparar a candidatura das ruínas da antiga Garagem da Beira, à candidatura de ruínas de interesse nacional. Pois, se umas tais ruínas de: Pompeia, Conimbriga, Tiahuanaco, Acrópoles de Antena são de interesse mundial, as ruínas da garagem da beira datadas do meio do século passado, são igualmente merecedoras de interesse planetário.
Agora mais a sério! Dois anos após o início do derrube desta garagem, os albicastrenses nada sabem sobre os motivos que levaram à suspensão das obras no local. Onde antigamente existia uma velha garagem em avançado estado de degradação, existe hoje um monte de ruínas à espera não se sabe do quê!...
Se alguém ali cometeu uma burrice, é bom que essas pessoas sejam responsabilizadas pelo facto, e que de imediato se encontrem soluções para tornar toda aquela zona, numa zona que orgulhe a cidade e os albicastrenses. Ou será que nos cérebros dos responsáveis pela situação existente, reina um deserto de ideias para o local?
Em dezembro de 2009, perguntei num poste que aqui publiquei sobre o derrube da garagem da beira (entre outras coisas), o seguinte:
Está esta obra a ser seguida por responsáveis devidamente competentes, e conhecedores da história da minha terra?
Segundo parece os meus receios tinham razão de ser, pois pelo estado em que tudo se encontra, fica-se com a ideia que tudo foi tratado (no mínimo) em cima do joelho, e quando assim é, o resultado é uma grande cagada.

O Albicastrense

10 comentários:

  1. Anónimo23:07

    Subscrevo totalmente a informação/notícia/opinião do bloguista e, tenho a acrescentar o seguinte:
    Trata-se dum local central da cidade, que merece mais atenção positiva, do que o desprezo que actualmente demonstra;
    Por outro lado, ainda tenho a referir que, anteriormente, antes da demolição, as antigas instalações davam guarida a uma "manada" de gados abandonados, que ali tinham o seu refúgio e eram alimentados pela Dona Ritinha - reformada da DRABI e natural de Idanha-a-Nova, perfeitamente conhecida do nosso Presidente de Câmara; agora, após a prematura demolição, viram as suas precárias condições ainda mais reduzidas.
    Triste sina a dos humanos e a dos animais.

    (Zé Henriques)

    ResponderEliminar
  2. Anónimo00:22

    Não era por aqui que ficava a antiga capela de São Pedro?

    ResponderEliminar
  3. Anónimo09:44

    Quem é o digno proprietário do ex:digno prédio

    ResponderEliminar
  4. Zé.
    É caso para dizer: pobres bichos e pobres albicastrenses!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Caro anónimo.
    A Capela de S. Pedro estava situada nas proximidades do chafariz de S. Marcos, (num local hoje ocupado por casas particulares).
    No tombo de 1620, da Misericórdia, consta que os bens dessa igreja foram ali incorporados.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Caro anónimo.
    Não devo estar muito enganado, se lhe dizer que só pode ser alguém ligado ao sector da construção civil.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo20:13

    sim pertence a um construtor de castelo branco. e será feito na quele local um prédio de 5 andares com um pequeno centro comercial e um supermercado com dois pisos de estacionamento a obra avançará em inicio de 2012

    ResponderEliminar
  8. Anónimo22:18

    castelobranco@castelobrancomogadouro.com

    ResponderEliminar
  9. Anónimo13:47

    Que terá a dizer o edil já que é seu confidente ??

    ResponderEliminar
  10. Ao anónimo das 13.47.
    Quem é confidente de quem?

    ResponderEliminar

A RUA DA MINHA ESCOLA – (IX)

(ESCOLA DO BONFIM)                               O que sabemos nós da rua da nossa escola primária?    (Rua do Bonfim)         ...