terça-feira, outubro 23, 2012

OBRAS NO VELHO PASSADIÇO ALBICASTRENSE


No dia 25 de agosto coloquei aqui um “post”, onde dava conta do início das obras, que estão a decorrer no velho Passadiço albicastrense.
Nele dizia a determinada altura, o seguinte: “irei mostrando imagens das obras que decorrem no passadiço, para que todos as possam acompanhar e comentar se assim o desejarem”.

Imagens que nunca mostrei, pela simples razão de dois meses depois, as obras estarem exactamente como estavam nessa altura. Parece que o marasmo se apoderou das obras e que a continuação dos trabalhos, está dependente do dia de S. Nunca à Tarde.
Perante este impasse que a ninguém parece preocupar, e ante o desinteresse demonstrado por todos relativamente à paragem das obras, só me resta mesmo perguntar aos responsáveis por este trabalho de recuperação, o seguinte:

Será que as obras foram embargadas?
Será que foi descoberto no velho Passadiço, alguma mina de ouro
Será que o velho Passadiço não se aquenta com os quilos de granito que lhe querem meter em cima, e só agora se aperceberam desse facto?

Agora mais a sério! É no mínimo indigno que a recuperação do velho Passadiço, (que deveria ser feita o mais rapidamente possível), se arraste no tempo sem que seja dada qualquer explicação aos albicastrenses.
Numa terra onde não existem muitos monumentos para mostrarmos a quem nos visita, será que os responsáveis pela recuperação do velho Passadiço, encontraram nos andaimes que o rodeiam, espectáculo de interesse turístico para mostrar a quem nos visita?
Palavra que por vezes dou comigo a pensar: Será que esta gente está toda maluca! Ou será... que eu ando a ver coisas onde elas não existem? Aceitam-se sugestões para esta minha interrogação.

                                        O Albicastrense

2 comentários:




  1. Quanto a mim o país caiu num marasmo...Anda tudo zonzo com os biliões que lhe dizem dever quando nós , povinho , não devemos nada a ninguém .Trabalhamos , descontámos , pagámos impostos , tudo certinho....Agora e cada vez mais sabemo-nos devedores e levámos uma trancada na cabeça .Deve ser o que se passou com o"Quim " M. ,tal como sucede com muitos outros autarcas .Um dia conto-lhe mais um caso...Eu mesma , como já se deve ter apercebido não estou bem ...Mas isso não tem a ver só com o facto de de repente ser caloteira (eu que ainda na semana passada tive de pagar ao gasparzinho cá um IRS que me leva a bani-lo do meu presépio !!!) tem também a ver com o outro facto que um dia destes lhe conto... Quanto ao passadiço que já fez um ano em Agosto , quando andei a fazer de cicerone a umas amigas , estava assim , talvez seja mesmo da crise!!!!ou então ....sabe-se lá ...talvez a A. Merca (chamo-lhe assim ) tenha proibido.....
    Ab.

    ResponderEliminar
  2. Amiga Idanhense.
    Gosto da ideia de banir a triste figura do seu presépio.
    Contudo, acho que deveríamos bani-los a todos, não de um qualquer presépio, mas deste país que não tem culpa nenhuma de dão desgraçados filhos ter.
    Quando ao passadiço.
    O que mais me chateia nesta situação, é as pessoas passarem por ali diariamente e nada dizerem sobre o marasmo das obras.
    Parece que tudo é normal e que nada vale protestar.
    Um abraço

    ResponderEliminar

DESCOBRINDO CASTELO BRANCO ANTIGO – (VI)

  Esta é uma imagem que irá deixar muita gente a coçar a cabeça e a interrogar-se, sobre o local onde este edifício tinha poiso na terra...