segunda-feira, agosto 09, 2010

IMAGENS DA TERRA ALBICASTRENSE



Em homenagem ao anónimo do “ vocês sabem lá !!!! ”
Aqui ficam algumas imagens da nossa cidade (antes do início das obras), e para onde deveriam ir morar os “críticos de palavra fácil”, que se pronunciam sobre estas mesmas obras.
Amigo anónimo! Este albicastrense está disponível para regressar ao velho parque da nossa cidade... se me arranjar um transportador do tempo que me envie para lá.
O Albicastrense

9 comentários:

  1. Anónimo21:22

    Esta treta da obra fácil
    até é fácil
    aliás fácil de demais
    é negócio dos amigos do cimento
    e dos amigos do nosso amigo
    fácil mesmo era fazer um REFERENDO ás obras do esbanjamento fácil
    não é do bolso do nosso amigo
    torna-se fácil
    o pior é que não é fácil pagar o buraco dos criadores destas facilidades
    aliás fácil era criar um juri para analisar estas "facilidades"
    robin dos bosques

    ResponderEliminar
  2. Anónimo02:43

    Parece que ficaram surpreendidos.
    Evidente que há coisas actuais que são boas. Mas, há muita coisa que nada tem a ver com esta cidade e com este clima. Mais tarde ou mais cedo, vão ter mudar o que de mal se fez. Os Jardins de Pedra, como são conhecidos, são um legado que vai sair muito caro e, não é só a olhar para o dinheiro...
    Afinal, há 15 anos e até mais, a cidade já era linda. Estou certo que o Sr. Verissimo tem mais para mostrar.
    O Vigilante

    ResponderEliminar
  3. Manuel Leitão08:51

    Amigo Veríssimo, obrigado pelas tuas fotos, que nos permitem recordar o quanto bela era esta nossa cidade de Castelo Branco! Para quando a tão desejada exposição fotográfica? Certamente que locais e apoios para ela não faltarão.

    ResponderEliminar
  4. Amigo Manuel Leitão.

    Locais até existem!
    Apoios só para quem tem padrinhos...
    E como os meus,( de baptismo e de casamento) já morreram à muitos anos.

    Uma abraço deste teu amigo

    ResponderEliminar
  5. Carlos Vale13:52

    Primeira mão.
    Os bancos voltaram à Avenida Nuno Álvares. Passei por lá,agora mesmo, e o pessoal já os estavam a montar. Ainda bem.
    Mais vale tarde do que nunca.
    Mais dua notas:
    1ª- Confirma-se a razão dos que não ficaram à espera e optaram por intervir e chamar a atenção.
    2ª- Vale a pena intervir, lutar e insistir. A cidade é de todos os cidadãos e têm o direito e o dever de expressar a sua opinião.
    É um acto de cidadania.
    Carlos Vale

    ResponderEliminar
  6. Vocês não sabem lá09:39

    Afinal... já têm os bancos prontinhos e ... pintadinhos.
    Agoram procurem outras lacunas, deficiências ou omissões.
    Há por aí tantas !!!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo13:50

    atenção a tralha do costume prepara-se para o assalto ao preço da agua
    robin dos bosques

    ResponderEliminar
  8. Anónimo02:27

    Ai,se eu chegasse a Presidente da Câmara de Castelo Branco no "Pós Joaquim Mourão"...Sabem o que eu faria? Tudo onde esse homem mexeu,
    eu deitava abaixo, e voltava a por
    tudo tal e qual como estava!!!
    Preservava tudo o que era o Centro Antigo da Cidade, e então construía sim, um novo Centro da Cidade noutro local,acompanhado de
    acessos próprios para um fluxo de tráfego condizente com aquele que verificamos hoje em dia! MAS ESSE BURRO!, o que quiz fazer, foi um Novo Centro da Cidade a partir do Velho e INTOCÀVEL CENTRO, que continua a ser servido por ruas que foram construídas para o trânsito dos anos 50....
    E como não há estacionamento, continua teimosamente a fazer BURACOS RIDÌCULOS para o estacionamento automóvel.
    Há é verdade... a ele,homenageava-o com o seguinte: Erguia em sua memória, uma estátua da sua pessoa na estrada que faz ligação entre os móveis Torres e a estrada de Malpica, que serviu para esconder à Cidade, a Passagem dos Camiões que por lá passavam, com os lixos industriais que outros fizeram e que nós "amargamos", a troco de uns dinheirinhos para a autarquia.
    E é escusado,apelarmos ao bairrismo dos Albicastrenses, porque esses,já cá não moram há muito tempo...,a cidade a partir de determina altura, deixou de ter oferta de emprego para esses,e por isso, foram-se embora para Lisboa.
    Neste momento, quem habita a cidade, são os filhos dos residentes das aldeias limí-trofes...(Salgueiro,Mata,Oleiros,Sarzedas,Juncal,Idanha (Donde veio aquela corja de Socialistas que hoje nos está a gerir............mal!)
    Neste momento o único emprego que a nossa autarquia proporciona é "TELEFONISTAS" (nos call center),rapariguinhas do Shopping,operadores de caixa de hipermercado,ou Seguranças de parques de estacionamento...ABRAM OS OLHOS!!!!
    Um Verdadeiro ALBICASTRENSE.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo03:01

    Ueh!!!
    Você sabia,qui agora nas Gasolinei-ra da cidaxi dxi Castelo Branco,só si fala Brasileiro?????
    Ueh!...Devi sê mais uma inovação da
    nossa Prefeitura!!!
    O nosso Prefeito, sempre qui algo de bom acontece por cá, diz ser obra sua!!!
    Então.. É MESMO!!!!!
    Obrigado Prefeito pelas MININAS!!!!
    Agora já sei, porqui Têvi 80% di
    voto nas últimas autárquicas...
    Foram.......AS MININAS!!!!!!!!UEH!
    ...Já cá não estão morando Albicastrensi!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Foi tudo embora!!!!
    VIVAM AS MININAS!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar

AO PRESIDENTE DA AUTARQUIA ALBICASTRENSE - (II)

Hoje ao passear pela rua Mousinho Magro, dei comigo a olhar para os dois portados que se podem ver na imagem aqui postada e a perguntar ...