quarta-feira, dezembro 22, 2010

FESTAS FELIZES

FESTAS FELIZES PARA TODOS OS VISITANTES, SÃO

OS VOTOS SINCEROS DO ALBICASTRENSE .

6 comentários:

  1. caro Antonio Verissimo:

    O meu nome e Pedro Nascimento sou aluno da Escola Superior d'Artes de Castelo Braco e no ambito da cadeira de projecto de final de curso, estou a recolher o maximo de informaçao relativo ao edificio que se encontra na esquina entre o passeio verde nas "docas" e a rua D.Dinis, edifio esse, penso eu, que neste momento só é habitado apenas por uma idosa no 1º andar e no Res-do-chao uma loja de pronto-a-vestir, como a principal tematica deste blog é a cidade de Castelo Branco e como tem bastante conhecimento da sua historia, ficava-lhe muito grato se me pode-se facultar qualquer tipo de infornaçao, e sem quer abusar, especialmente desenhos tecnicos ou fotografias da época da sua construçao, tentei encotrar os respectivos desenhos no Arquivo Municipal, mas como nao tenho a infromaçao da data exata do inicio da construçao ou quem foi o projectista tal informaçao nao me foi possivel de adquirir.

    comprimentos.
    Pedro Simoes do Nascimento


    p.s.Peço desculpa pelos erros ortograficos, mas o teclado em que escrevo neste momento nao e portugues, e a tempo também nao me e favoravel. boas festas!

    ResponderEliminar
  2. Caro amigo
    Sendo um albicastrense fora da cidade agradeço os seus votos sinceros de FESTAS FELIZES.
    Igualmente desejo para si e sua familiares um BOM NATAL e, tanto quanto possível, um ANO que em breve virá cheio de prosperidades.
    Um grande abraço
    JJB

    ResponderEliminar
  3. CARO PEDRO.
    O arquitecto deste velho prédio (a que um dia deram o nome de “Ferrinho de Engomar” por ter a forma de um ferro de engomar), foi Manuel dos Santos Sal e foi construído entre os anos de 1913 e 1916. Foi seu primeiro proprietário foi Dr. Gonçalo Xavier de Almeida Garrett, (que ali viveu durante algum tempo).
    Na nossa biblioteca poderá consultar o livro do programa Polis em Castelo Branco, “ÁLBUM HISTÓRICO” da autoria de António Silveira, Leonel Azevedo e Pedro Quintela d' Oliveira, onde poderá encontrar alguns dados e algumas fotografias deste centenário edifício e um dos mais bonitos da nossa cidade.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  4. O comentário que vou enviar não diz respeito à época que vivemos,mas como só agora tive conhecimento da notícia através da Reconquista do dia 23 e ela se prende com o conteúdo do texto e imagem publicada no passado dia 3, neste blogue, aí vai ele:
    No Orçamento da CMCB,segundo aquele Semanário pode ler-se que está defenido "...requalificação do centro de Interpretação do Jardim do Paço,nos imóveis junto ao arco,onde já funcionou o Museu Académico ( 300 mil euros cabimentados para 2011 e 320 mil para 2012 )".
    Pergunto: O Museu ficará incluído naquele espaço ou desaparecerá do mapa citadino?
    Espera-se que haja uma luz de esperança para que o Museu ressuscite e talvez lá para 2013/14esteja de volta,mas as dúvidas persistem.
    Um abraço
    JJB

    ResponderEliminar
  5. Um feliz Natal para todos, e um ano cheio de coisas boas, são os votos sinceros deste Albicastrense de gema!

    Um grande abraço!

    ResponderEliminar
  6. Caro Antonio Verissimo


    Agradeço dese ja a informaçao em reçaçao ao arquitecto, tem sido de uma dificuldade herculea encontrar tal artista, concordo plenamente, e um edificio muito bonito que despertou o meu interesse desde os primeiros dias que me mudei para esta cidade. Foi na biblioteca que encontrei a maior parte da informaçao, ate mesmo o nome dos autores ao qual tentei entrar em contacto, o que nao me foi possivel.

    fico muito agradecido pelas informaçoes e pelo seu tempo, um bom e tudo de bom que possa trazer com ele.

    Pedro Simoes Nascimento

    ResponderEliminar

A RUA DA MINHA ESCOLA – (VII)

        (ESCOLA DA SENHORA DA PIEDADE)                          O que sabemos nós da rua da nossa escola primária? João Evangelista...