terça-feira, dezembro 14, 2010

O CASO CAMARATE


COMISSÕES PARLAMENTARES
Na passagem do trigésimo aniversario da morte de Sá Carneiro, a quase totalidade da nossa imprensa, resolveu ir ao armário da nossa história e limpar ao pó ao esqueleto de dito cujo.
Alguns artistas do PSD e do CDS que desenvolvem o seu “trabalho” na Assembleia da Republica, (que me desculpem os verdadeiros artistas por esta comparação), aproveitaram de imediato esta oportunidade para se porem em bicos de pés e comunicar ao pais, (via TV) que irão propor na assembleia de republica a criação de mais uma comissão parlamentar, (será a nona para o caso Camarate) para (segundo eles), completar o trabalho da oitava comissão que segundo os proponentes, nunca terá chegado a conclusões definitivas, sobre o que se terá passado no acidente em que morreu Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa (entre outros).
Como este albicastrense, independentemente da crise em vivemos, ainda não perdeu o sentido de humor e continua na esperança de melhores dias para os portugueses, propõe a tão brilhantes artistas de tão importantes partidos, que (já que estão com a mão na massa), se recue no tempo e se nomeie igualmente outra comissão parlamentar para tentar saber onde pára D. Sebastião, pois ele está desaparecido deste a batalha de Alcácer-Quibir, (4 de Agosto de 1578) e como o corpo nunca foi encontrado pode ser que ande por ai desnorteado sem saber quem é, e para onde deve ir. Aproveitando a embalagem, propunha igualmente a criação de uma segunda comissão parlamentar: esta para saber quem foram os malandros responsáveis pela queda de Salazar da cadeira, pois soa por ai, que as paredes do forte de Santo António, no Estoril, (local onde o velho ditador, caiu da cadeira) murmuram sons onde é possível perceber-se que o velho não caiu da cadeira, mas que uns “malvados” comunas fartos de ser perseguidos, torturados, presos e até mortos, terão serrado a perna esquerda da cadeira (aquela que fica ao lado da perna direita) para que o dito cujo, caísse quando praticasse a tortura do sono na D. Maria.
Esquecendo agora a chalaça e voltando à referida comissão parlamentar. É caso para dizer, que estes nossos deputados, são uns verdadeiros artistas! Artistas... que estão no bem-bom graças a nós e, em vez de se preocuparem com os mais de 750.000 portugueses que não têm trabalho, ou com os portugueses que já andam pela sopa dos pobres e pelos caixotes do lixo dos hipermercados.
Preocupam-se antes, em gastar uma pipa da “nossa” massa em cenários cinematográficos de segunda classe, onde um “suposto” atirador maluco deita abaixo uma avioneta, um “suposto” bombista chanfrado coloca uma granada numa avioneta, ou ainda, uns “supostos” malvados terroristas que não se sabe a que lado pertencem, resolveram acabar com um homem que até então pouco tinha feito de relevante pelo nosso pais.
E ainda dizem que os nossos deputados (perdão) artistas, são artistas menores! Estes nossos artistas são uns verdadeiros artistas... Haja paciência para toda esta loucura.
O Albicastrense

Sem comentários:

Enviar um comentário

AO PRESIDENTE DA AUTARQUIA ALBICASTRENSE - (II)

Hoje ao passear pela rua Mousinho Magro, dei comigo a olhar para os dois portados que se podem ver na imagem aqui postada e a perguntar ...