quarta-feira, março 16, 2011

SENHORA DE MÉRCULES - VI

Oito dias após a publicação do segundo post, (8/3/2011) sobre o corte de árvores na Sra. de Mércules, este blog teve cerca de 2500 visitas. Duas mil e quinhentas visitas em oito dias, é praticamente o dobro de visitantes que até então este blog tinha. A pergunta que aqui poderei colocar a min mesmo, só pode ser uma:
Será este número, fruto da curiosidade de uns tantos?

Ou quererá ele dizer, que os albicastrenses estão a sentir algum interesse por esta causa simbólica?


Sempre que um homem pensa, o mundo pula e avança” escreveu António Gedeão, num dos mais lindos poemas da nossa história.
Eu recuso-me a acreditar que na terra de Amato Lusitano e, onde este ano se comemora os quinhentos anos do seu nascimento, não haja 40 albicastrenses, dispostos a pensar em dar um pulo à praça do município, para “protestarem silenciosamente durante algum tempo”, contra o deixa andar, o não querer saber, ou o “isto não me diz respeito”.
Será que os albicastrenses estão dispostos a defender o pouco que resta? Ou iremos continuar a assistir na primeira fila à destruição da parte restante? A pergunta é minha! A resposta cabe a cada um de nós.

PS. O grupo do João no Facebook, continua à sua espera: "
Eu sou contra o corte de 40 árvores na Sra. de Mércules, em Castelo Branco".
O Albicastrense

5 comentários:

  1. Resposta para o visitante que aqui deixou o pedido de uma fotografia do antigo Cine-teatro Vaz Preto.
    Caro visitante, sem querer anulei o seu comentário.
    Por acaso tenho uma imagem do velho cinema, que terei muito gosto em enviar-lhe por e-mail.
    Mande-me o seu endereço electrónico que eu depois envio-lha.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:50

    Epá, ao folhear o jornaleco da zona, vi, finalmente, noticias sobre esta barbarie! E então não é que a noticia é tratada de uma forma eufemistica?

    Além de que o Pequeno Grande Homem, também não é velho, tapa oportunidades de emprego justas, não é uma espécie protegida, também já partiu carros com os seus pilaretes e não é por isso que o "cortam"
    .....Mas deviam....

    Pastor Lusitano!

    ResponderEliminar
  3. Amigo Pastor Lusitano.
    Ainda não li a ditada folha, prometo comenta-la depois de lhe por a vista em cima.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo09:28

    http://voodofalcao.blogspot.com/2011/03/as-arvores-da-sra-de-mercules.html

    ResponderEliminar
  5. Só nesta edição - 17.03.2011 - "Reconquista" falou sobre o assunto do corte dos cedros.Foi preciso a preocupação de cidadãos para o jornal acordar e noticiar o que devia ter feito em tempo real.Estes descuidos acontecem... Sabe-se lá porquê... nós sabemos.
    Por fim vem o pároco, também só agora, com umas explicações que não são convincentes. Toda a noticia depois de analisada é uma trapalhada de contradições e a ver vamos se pelo menos agora se cumpre o que se promete. Será durante este século que a requalificação do local se faz???
    Um abraço
    JJB

    ResponderEliminar

A RUA DA MINHA ESCOLA – (VII)

        (ESCOLA DA SENHORA DA PIEDADE)                          O que sabemos nós da rua da nossa escola primária? João Evangelista...