segunda-feira, agosto 01, 2011

DO BAÚ PARA O BLOGUE


275 ANOS DEPOIS
No dia 1 de Agosto de 1736, faleceu no Paço Episcopal de Castelo Branco, o 45º Bispo da Guarda, D. João de Mendonça.
D. João de Mendonça; nasceu em Estremoz em 1 de Junho de 1673. Foi o sexto filho do Conselheiro de Estado D. Loureço de Mendonça, terceiro conde de Vale de Reis, regedor das justiças e deputado da Junta dos Três Estados, e de D. Maria de Mendonça, filha de Manuel de Sousa de Silva e de D. Joana de Mendonça. Estudou Humanidades no colégio de Santo António de Lisboa e Direito Canónico na Universidade de Coimbra. Em 15 de Junho de 1694 foi provido, pelo Cabido da Guarda no cargo de arcediago daquela diocese.
Em 28 de Dezembro do mesmo ano tomou posse do Canonicato e do lugar de tesoureiro-mor da arquidiocese de Évora. Doutorou-se em Cânones, na Universidade de Coimbra, em 17 de Julho de 1698. Foi nomeado em Novembro do mesmo ano, condutário com privilegio de lente e depois de 1700 ascendeu a lente da Universidade, regendo varias cadeiras. 
Em 1704 foi deputado extraordinário do Santo Oficio e em 1709 o Rei D. João V nomeou-o Sumilher de Cortina. Foi promovido a bispo da Guarda em 1711, desempenhando este cargo durante 23 anos com inteira justiça, segundo os seus biógrafos. 
Vivia com grande pompa e residiu frequentes vezes no Paço de Castelo Branco, onde veio a falecer em 1 de Agosto de 1736. D. João de Mendonça, mandou construir o Jardim de Paço Episcopal, com uma traça que obedeceu ao estilo Italiano.
 O Albicastrense

Sem comentários:

Enviar um comentário

A RUA DA MINHA ESCOLA – (IX)

(ESCOLA DO BONFIM)                               O que sabemos nós da rua da nossa escola primária?    (Rua do Bonfim)         ...