quinta-feira, março 05, 2009

A MINHA CIDADE


LARGO DA SÉ

Após alguns comentários aqui deixados, resolvi sondar e dar uma vista de olhos no Largo da Sé, (também baptizado pela dupla Bigodes e Companhia como o novo Largo dos reformados), para tirar a limpo o que por ali se passa.
Perante o que tive a oportunidade ver, é caso para dizer que a montanha pariu uma ratice!… então não é que o nossa autarquia, resolveu tirar aquela “espécie” de arbustos que ali existia! e plantar lá amores perfeitos…
Pensarão os nossos representantes que pelo facto de ali colocarem uns amores perfeitos, o largo irá ter melhor aspecto!? Até pode ser… que as várias cores das flores ali plantadas, possam dar mais alegria a este pobre e triste largo, no entanto estou como o outro: “Pobre sapateiro remendão… que por mais que remendasse ficava sempre com os pés de fora“.

Que me desculpem os responsáveis pela colocação dos amores perfeitos neste largo, (flores de que aliás gosto imenso), este remendo é apenas um deitar de areia para os olhos dos albicastrenses. O verdadeiro problema deste triste e pobre largo, chama-se: Burrice na escolha do projecto para o local. O tipo de largo ali “implantado” em substituição do bonito jardim que ali existia, e que os responsáveis das varias vereações da nossa autarquia deixaram degradar pouco a pouco, ficaria bem com certeza!… em qualquer átrio de cemitério, e nunca num dos largos mais bonitos da nossa cidade.
Curiosamente após alguns comentários aqui e ali, cheguei a acreditar que a nossa autarquia iria dar a mão a palmatória e alterar de uma vez por todas a jumentada que ali cometeu.

Santa Ingenuidade a minha!…………

O Albicastrense

16 comentários:

  1. Anónimo19:41

    Ali é que deviam ter feito outro parque de estacionamento
    acabam os verdes de vez.

    ResponderEliminar
  2. Carlos20:56

    Eu sei que não tem nada haver, mas as obras em fundo na 1.ª foto estão a ser alvo da respectiva peritagem arqueológica?

    E já agora, importa-se que use algumas das fotos aqui que tem publicado (que serão devidamente acompanhadas da informação "bibliográfica")?

    Carlos

    ResponderEliminar
  3. Caro Carlos

    Quanto as obras não vi por lá ninguém que me parecesse estar a vigiar os trabalhos.

    Quanto as fotos... claro que as pode utilizar.
    O Albicastrense

    ResponderEliminar
  4. Carlos Vale23:22

    Depois de se verem estas imagens ainda há quem tenha o desplante de vir defender o que actualmente lá está?
    Parabéns pelas fotografias e pela oportunidade,já que o assunto estava em discussão.
    As imagens deixam-nos quase sem palavras para classificar o que andam a fazer à cidade.
    Carlos Vale

    ResponderEliminar
  5. Anónimo07:25

    Ultimamente tenho sido abordado por algumas pessoas que se queixam de que a água aumentou e começaram a senti-lo no orçamento. Em época de crise e com os salários, subsídios de desemprego e reformas que a grande maioria recebe, qualquer aumento é sentido. Tive, por isso, a preocupação de comparar os valores da minha factura/recibo da água e tirei algumas conclusões:
    1 - Houve um aumento do preço da água consumida, que se cifrou em cerca de 4%, bastante acima da taxa de inflação.
    2 - O total das tarifas (disponibilidade + saneamento + resíduos sólidos) passou de 11,70 euros para 12,26 euros, o que corresponde a um aumento de cerca de 5%.
    Sabendo as dificuldades que os albicastrenses sofrem, só posso pensar que os responsáveis da Câmara Municipal e dos Serviços Municipalizados revelam uma enorme insensibilidade social e falta de solidariedade com os mais pobres e necessitados. Não nos podemos esquecer que é precisamente nas taxas, que todos pagam (pobres e menos pobres), que houve os maiores aumentos. Nem a crise os fez arrepiar caminho.
    Será que estes aumentos eram absolutamente necessários, quando se sabe que o preço da água, em Castelo Branco, é um dos mais altos do país?
    Ou será que querem pôr-se em bicos de pés para afirmarem ser bons gestores? Com aumentos de preços? Assim, qualquer um (nem sequer precisa de ter curso de gestão) é bom gestor.
    É preciso é pensar nas pessoas. É para isso que são eleitos: para servir.
    ISTO TAMBÉM MERECE UM POST.
    é de onde vem o dinheiro para os granitos

    ResponderEliminar
  6. Anónimo09:18

    em resumo autarquia trapalhona
    valha no espirito santo que as obras tão entregues ao passarão
    é dois em um
    mora lá e trabalha para a camara
    enfim reabilitado e requalificado
    que vivam os passarões

    ResponderEliminar
  7. Anónimo16:45

    esta é das poucas autarquias que não dá beneficios aos municipes
    é só pra dentro para esbanjar no granito e nos almoços e jantares
    até parece as sopas do sidónio
    dá de comer para ter votos
    enfim é um reino em decadencia
    que vivam os passarões

    ResponderEliminar
  8. Anónimo16:51

    Afinal os pinocos urbanos não são uma invenção do grande ideólogo, estratega, santo, sábio, arquitecto e grande chefe Senhor Presidente Joaquim Morão, o demagogo II.
    o I pintava os pinocos de côr de laranja. Este é contra as roseiras e verdes.
    Pobre Castelo Branco em granitificação continuada.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo17:28

    Meu Caro Amigo

    A tua indignação tem toda a razão de ser, mas a política da terraplanagem na nossa cidade é mais geral. Infelizmente. Há quem diga que são gostos. Para mim, cada vez que vejo estas coisas, são desgostos.
    Um forte abraço do
    João Teixeira

    ResponderEliminar
  10. Amigo João Teixeira.

    São gostos... que nos dão desgosto pela falta de gosto de alguns, que se sentem senhores dos gostos de todos nós.
    Igualmente um forte abraço para ti.
    Veríssimo Bispo

    ResponderEliminar
  11. Anónimo10:41

    bem gostava de saber qual é o buraco financeiro desta autarquia
    gasta dinheiro nosso em perfeita anarquia
    é a politica do faz e desfaz
    basta de desmazelar a nossa cidade.I

    ResponderEliminar
  12. Anónimo08:10

    Não se encontrou nada de interesse arqueológico...

    ResponderEliminar
  13. Anónimo12:11

    buraco financeiro!!!!!!!!!!!!!!!!
    e o depósito de 12.000.0000 Euros a prazo, renovado recentemente?
    a nadar em dinheiro, é o que é!

    ResponderEliminar
  14. Anónimo19:19

    a ele é isso
    então senhor presidente toca a gastar
    e

    ResponderEliminar
  15. Anónimo01:52

    a ele é isso
    então senhor presidente toca a gastar
    e



    ... a estragar!

    ResponderEliminar
  16. Anónimo18:01

    afinal a sé continua na mesma as arvores do cemitério por lá ficaram
    autenticos jardim da tristeza
    o que continua a dar é a pedra
    e já agora a igreja não tem nada a dizer ?
    que falem

    ResponderEliminar

AO PRESIDENTE DA AUTARQUIA ALBICASTRENSE - (II)

Hoje ao passear pela rua Mousinho Magro, dei comigo a olhar para os dois portados que se podem ver na imagem aqui postada e a perguntar ...